Como tratar o mau hálito nos cães? A saude de seu pet!

Escrito por

Mau hálito nos cães

Seu cão possui um hálito desagradável? Saiba como e porque é importante tratar esse problema nos cachorros!

A saúde começa pela boca

boca do cao - mau hálito nos cães

boca do cao – mau hálito nos cães

Costumamos ouvir essa frase vinda dos nossos dentistas.  Com os animais não é diferente!

O mau hálito nos cachorros, apesar do que muitas pessoas pensam, não é normal!
Ele indica que existe algum problema de saúde, seja ele periodontal (nos dentes e gengivas) ou sistêmico, que pode causar sérios danos e acometer outros órgãos.

Causas do mau hálito nos cães

A causa mais comum do mau hálito nos cães é a doença periodontal, causada pelo acúmulo de placas bacterianas nos dentes.

Essas placas bacterianas nada mais são que colônias de bactérias que se aderem aos dentes do animal, propiciadas pelo acúmulo de restos de alimento.

As placas bacterianas levam a inflamação da gengiva, o que chamamos “gengivite”.
Os cães não costumam ter problemas de cáries dentárias, devido à composição de sua saliva.

Os cachorros de raças pequenas, como o poodle, yorkshire e maltês, são mais predispostos à formação do tártaro, por possuírem dentes muito juntos uns dos outros, que propiciam o acúmulo de restos de alimentos.

Por que é importante tratar o mau hálito nos cães

A evolução do quadro de gengivite causa a destruição do tecido onde estão inseridos os dentes, levando à exposição da raiz e posterior perda dos dentes do animal.
Além disso, a gengiva inflamada fica em contato direto com uma enorme quantidade de bactérias, que se infiltram nos capilares e migram, através da corrente sanguínea, até órgãos vitais, como os rins e o coração.

A doença periodontal é uma das principais causas de nefropatias e cardiopatias, doenças graves que podem levar ao óbito do animal.

mau hálito nos cães

Você sabia?

O famoso “cheiro de cachorro” normalmente não vem da pele do cão, pois cães não possuem ali glândulas sudoríparas, ou seja, não suam pela pele como nós.

O cheiro desagradável do animal muitas vezes vem da boca ou ouvidos inflamados.

O cão com mau hálito se lambe e se coça com a boca, deixando um odor desagradável por todo o corpo.
O “cheiro de cachorro” tende a melhorar bastante depois de tratada a doença periodontal.

Como avaliar a causa do mau hálito no seu cão

A maior parte dos donos de cachorros não possui o hábito de investigar a boca de seus animais de estimação.
Este hábito, porém, é tão importante quanto observar qualquer outro tipo de doença no animal.

Não é necessário abrir a boca do animal, já que muitos cães não se sentem confortáveis com esse manejo.
Apenas segure gentilmente o focinho do cão e levante as bochechas, começando pela parte dos caninos.
Observe todos os dentes do animal, especialmente os molares e pré-molares, pois quanto mais ao fundo da boca, maior o acúmulo de placa bacteriana.
Observe se os dentes estão amarelados e se as gengivas estão avermelhadas.

As gengivas avermelhadas, sem a presença de placa, são indicativo de que o problema é de causa extra-oral, ou seja, causas como problemas digestivos, renais, entre outros, e deve ser investigada.

Na próxima página: Como prevenir e tratar as causas do mau hálito no cão.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: tinabasgen, markhillary, mikebaird, carterse, State Farm, Rumpledshirtskin (Chris Martin)