Roupa de cachorro. Uma necessidade ou pura vaidade humana?

Escrito por

O inverno chegou e é hora de retirar do armário os agasalhos e botas de frio.
Mas será que nossos mascotes também precisam deles?

Naturalmente protegidos

Os cães possuem pelagem que naturalmente os protege do calor e do frio. Os pelos ficam mais abundantes e densos no inverno e tendem a ficar mais ralos no verão.

Em primeiro lugar, é importante respeitar essa tendência natural, não fazendo tosas radicais nos períodos mais frios do ano.

Cachorro de pelagem longa

cachorros de pelo longo são naturalmente protegidos do frio

cachorros de pelo longo são naturalmente protegidos do frio

Se o animal possui pelagem longa, o uso de roupas não se faz necessário e pode ser mais prejudicial que benéfico.

A hipertermia – excesso de calor corporal – é um problema muito mais comum que a hipotermia – baixa de temperatura corporal – em países de clima tropical e invernos brandos como o Brasil.

A maior parte dos cães de pelo longo são de raças oriundas da Europa, selecionados para sobreviverem a temperaturas que chegam a graus negativos.

Um local abrigado do vento e da chuva e um cobertor são, na maioria das vezes, suficientes para que esses cães passem tranquilamente o inverno brasileiro.

Cachorro de pelagem curta

Nos animais de pelagem curta, principalmente aqueles de pequeno porte, as roupas para cães podem ser utilizadas caso o mascote mostre sinais de que está com frio.
Neste caso, opte por tecidos confortáveis, leves e práticos.

cachorroAtente-se para o tamanho adequado da roupa, o animal deve poder se movimentar livremente.

Evite babados, laços e rendas, que podem ser mastigados e engolidos pelo cão.

O modelo mais adequado é aquele do tipo colete, que protege o dorso do animal e a região dos pulmões.

Ainda assim, as roupas não devem ser mantidas por todo o tempo no animal.
Utilize-as apenas durante os horários mais frios, como à noite, ou se o animal estiver exposto ao ambiente em um dia de temperatura muito baixa.

O contato do tecido sintético com o corpo do cão por longos períodos pode gerar reações alérgicas e problemas de pele.

Nunca leve seu cão com roupas para realizar atividades físicas sob o sol.

Vale ressaltar que alguns cães, embora possuam pelagem mais curta, são adaptados ao clima frio e se protegem através do acúmulo de gordura corporal.
É o caso dos labradores, por exemplo.

Estes cães, selecionados para busca de caça em águas geladas da costa canadense, são muito resistentes ao frio e sofrem com o aumento de temperatura.