Requisitos para a Casinha do cachorro ou Canil !

Escrito por

Canil ou casinha do cachorro

Praticidade, higiene, conforto – Confira as melhores opções na hora de preparar o lar do seu melhor amigo

Primeiro passo – escolha da localização do canil

O canil ou casinha deve ser colocado em local arejado, onde incida o sol da manhã e sombreado à tarde.

A incidência da luz do sol é uma importante forma de controle de microorganismos patogênicos.

Qual o tamanho do espaço para o canil

A área a ser delimitada deve ser proporcional ao tempo que o animal passará dentro do recinto.

canil espaço e diversão

Porém, caso seja necessário que o animal permaneça alguma parte do tempo no canil, este precisa ter dimensões adequadas para proporcionar conforto.

Canil – Opções de piso

Cimento: o cimento é uma opção simples e de baixo custo.

canil o pisoÉ de fácil manutenção e higienização, porém tende a reter odores.

O acabamento deve ser feito com areia fina, para que não fique tão áspero.
O piso áspero além de desconfortável causa mais facilmente o aparecimento de calos nos cães.
Neste caso coloque um estrado de madeira onde o cão possa se deitar com maior conforto e longe da umidade.

O chão de cimento também pode ser pintado com tintas próprias para pisos.

Cerâmica: uma opção higiênica e mais bonita.
Deve ser utilizada, porém, apenas para cães de pequeno porte, já que os cães maiores têm dificuldade de caminhar sobre pisos lisos, causando problemas de postura e risco de contusões.

Este tipo de piso é terminantemente proibido para animais que possuem displasia coxo-femural, uma doença muito comum em animais de grande porte, como o Labrador, o Golden e o Pastor Alemão.

O animal com displasia tem uma incongruência entre a bacia e o fêmur, que não se “encaixam” adequadamente.
Tais animais têm dificuldade em levantar-se e sentem muitas dores.

Devem ser mantidos em pisos com boa aderência, nunca escorregadios.

Emborrachado: uma excelente opção que alia praticidade e conforto.
Muito confiável, é seguro para todos os portes de cães, não provoca calos e de fácil higienização. É um piso de alto custo.

Obs: Não esqueça que é necessario deixar um pequeno “caimento no piso” para poder escoar a água de limpeza ou chuva.

Banheiro do cachorro

O ideal é que se reserve uma parte do canil para o “banheiro” do animal.

Nesta parte pode-se utilizar areia ou areia e pedra (mais recomendável), com bom escoamento, de forma que o animal não fique em contato com sua urina.

Veja também nosso artigo sobre como ensinar seu cachorro a fazer xixi no lugar certo.

Canil – Cobertura ou Telhado

A cobertura do canil deve ser preferencialmente com telhas de barro, pois elas conferem maior isolamento térmico.
Pode-se usar uma manta de alumínio embaixo do telhado para aumentar o conforto térmico do canil.

As telhas de amianto ou zinco são uma opção de menor custo, que podem ser utilizadas deixando-se um espaço para circulação de ar entre a estrutura de sustentação do canil e o teto.

Revestimento – Tem que ser azulejado?

Não necessariamente, mas o azulejo como revestimento interno do canil torna o ambiente mais higiênico e com menor propensão à disseminação de germes e parasitas.
Pode ser limpo com jatos d’água, sendo muito prático.

Casinhas para cachorro

Caso não queira delimitar um espaço para canil, mas se o animal vive a maior parte do tempo na parte externa da casa, é necessário oferecer uma casinha onde ele possa se abrigar.

casinha do cachorro de madeira
As casinhas de madeira são bastante estéticas, mas tendem a se deteriorar mais rapidamente caso fiquem expostas ao tempo.

Elas também são de difícil higienização, podendo acumular matéria orgânica.
Não as utilize em locais onde haja risco de infestação por pulgas.

canil

Casinhas de fibra ou lástico são mais resistentes.

Casinhas de fibra ou plástico são uma melhor opção, pois são mais resistentes e higiênicas.

Podemos torna-las mais confortáveis para os cães colocando dentro da casinha um pedaço de emborrachado ou um colchão impermeável.

No inverno o interior da casinha pode ser forrado com cobertores, mas estes devem ser lavados ao menos uma vez por semana para prevenir a disseminação de parasitas.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Dan Harrelson, Official U.S. Navy Imagery, brittgow, ukhomeoffice