Plantas Tóxicas para Cães e Gatos

Escrito por

Nossos animais de estimação podem correr riscos à sua saúde quando expostos a plantas tóxicas. Conheça mais sobre o assunto e poupe seus pets de incidentes perigosos.

Nossos gatos e cachorros, em contato com plantas no jardim e mesmo as cultivadas em interiores, podem ter problemas de saúde. Os riscos podem ser até fatais.

Algumas plantas contêm princípios tóxicos como os alcaloides que podem afetar sua respiração, causar taquicardia e envenenamentos.

Por Que Animais de Estimação Comem Folhas no Jardim

Gatos

gato vaso de plantaEles se lavam lambendo o pelo e outras partes do corpo. Neste processo engolem os fios, que causam uma bola dentro do estômago. Eles ingerem em geral folhas de capins para que possam vomitar e eliminar estes pelos.

Quanto mais peludo for o animal, mais bolas de pelo se formarão. Uma solução simples é escovar diariamente o gato, para que não haja pelos soltos.

Providenciar um vaso com capim é outra opção. Colher sementes de capins em terrenos baldios ou adquirir mistura própria para semear para os pets em agropecuárias e lojas especializadas para animais de estimação.

Um saquinho contendo mistura de sementes dura muito e não sai caro.

Cães

cachorro jardimOs cães são normalmente curiosos e alguns não têm noção dos perigos das folhagens do jardim. Por tédio, falta de atenção de humanos, poderá fazer “jardinagem”, arrancando mudas ou comendo folhas.

Alguns cães apreciam acompanhar o dono nas suas tarefas de cuidar do jardim. Depois de tudo plantado, eles vão lá e “ajudam” arrancando tudo. O seu olfato apurado detecta o odor do dono na planta.

Para evitar, use luvas de borracha e vigie seu cão após o plantio. Providencie pequenos vasos com plantas aromáticas tipo hortelã, manjerona, capim-limão que eles adoram e que não irão fazer mal.

Um lembrete: se desconfiar que seu gato ou cão ingeriu alguma planta tóxica, leve imediatamente a um veterinário, ele saberá o que fazer.

A quantidade de plantas tóxicas é enorme, então colocamos aqui as mais conhecidas e cultivadas nos jardins brasileiros, para ajudar a diminuir os acidentes com plantas.

Considerar que todas as partes destas plantas são tóxicas: raízes, rizoma ou tubérculo, caules, folhas, flores e frutos.

Plantas que Ameaçam a Saúde dos Pets

Família das Aráceas

Dieffenbachia e Aglaonema (comigo-ninguém-pode), Caladium (caladio, tinhorão), Spatiphyllum (lírio-da-paz), Monstera deliciosa (costela-de-adão), Epipremnum pinnatum (jiboia), Philodendron spp. (filodendros) e demais plantas desta família;

Família das Euforbiáceas

plantas tóxicas - coroa de cristo

Coroa de Cristo

Euphorbia milli (coroa-de-cristo), Euphorbia pulcherrima (poinsétia), Codieum variegatum (cróton), Manihot esculenta (mandioca), Ricinus communis (mamona), Ficus elástica (falsa-seringueira) e demais plantas desta família.

Família das Solanáceas

Solanum tuberosum (batata inglesa), Solanum lycopersium (tomates), Capsicum annum (pimentões, pimentas), Solanum melongena (berinjela).

Família das Apocináceas

Datura suaveolens (datura), Allamanda cathartica e A. blanchetti (alamanda-amarela, alamanda de cores diversas), Dipladenia (dipladenia), Nerium oleander (espirradeira), Trachelospermum jasminoides (jasmim-estrela), Plumeria spp. (jasmim-manga) e todas as plantas desta família

Família das suculentas

Echeveria spp. (rosinha-de-pedra), Kalanchoe spp. (calancoe, folha-da-fortuna), Aloe vera (babosa) e suculentas em geral

Família das Amarilidáceas

Amaryllis spp. (amarílis), Narcissus (narciso), Agapanthus (agapanto).

Família das leguminosas

glicinia

Glicinia

Crotalaria juncea (crotalária), Wisteria chinensis (glicínia), Laburnum anagyroides (chuva-de-ouro).

Família das Iridáceas

Crocus sativus (açafrão), Iris spp. (íris).

Família das Primulaceas

Primula (prímula), Cyclamen persicum (ciclamen), Lysimachia (lisimaquia).

Família das Moráceas

Ficus benjamina (figueira), Ficus carica (figo-comum).

Outras de diversas famílias

Hedera helix (hera), Delphinium (esporinha), Anthirrinum majus (boca-de-leão), Anemone rannunculoides (anêmona), Família Bromeliaceae (bromélias em geral), Buxus sempervirens (buxus), Lillium spp. (lírios, todas as espécies), Lonicera (madressilva), Nandina domestica (nandina), Rhododendron (azaleias), Strelitzia spp. (strelitzias), Viburnum spp. (viburnos), Trifolium spp. (trevo branco e vermelho).

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Drew Avery