O Gato Persa

Escrito por

 

Mundialmente conhecido por sua beleza e docilidade – pelagem exuberante, focinho curto e belos e grandes olhos que lhe dão um aspecto de “carinha de bebê” – o gato persa se destaca de qualquer outra raça.

Origem

A raça se originou na região onde atualmente encontra-se o Irã, antiga Pérsia. Credita-se ao viajante italiano Pietro Della Valle a importação dos primeiros gatos persas para a Europa no século XVII.

Esses gatos eram cruzados com gatos angorá e outros gatos de pelagem longa, levados para a Europa de várias partes do mundo.

Foi apenas no século XIX que a raça passou a ser criada de forma pura, dando ao persa o aspecto moderno que mantém até hoje.

Aparência Física

gatos persasO gato persa se caracteriza pela cabeça redonda, focinho curto e grandes e belos olhos que lhe dão “aparência de bebê”.

A pelagem é exuberante, longa e muito sedosa.

As orelhas do persa são pequenas em relação à cabeça, com tufos de pêlo no interior, e pontas arredondadas.

O corpo do persa é compacto, musculoso, com pernas e cauda um tanto curtas. Esta características faz com que os persas não consigam saltar tão alto ou serem tão ágeis como outras raças de gatos.

Outra característica da raça é a imensa variação de cores. Os persas podem apresentar mais de cem tipos de combinações diferentes de tons na pelagem.

Temperamento

Os persas são gatos tranquilos, caseiros e dóceis.

São fortemente apegados à família e costumam dar-se bem com crianças e outros animais.

Os persas têm um nível de atividade baixo comparado a outros gatos, e não são do tipo que róem ou afiam as unhas nos móveis.

Miam pouco e seu miado é baixo e suave.

Devido a essa tranquilidade, a raça adapta-se muito bem em apartamentos.

Porém, atenção, como são muito apegados aos humanos, esses gatos não devem ser deixados muito tempo sozinhos.

Cuidados com o Persa

O persa é um animal lindo, porém requer muitos cuidados. A pelagem abundante precisa de escovações freqüentes para manutenção adequada. O ideal é que o gato persa seja escovado diariamente.

Este cuidado não é apenas uma questão de estética, mas sim de saúde, já que os pêlos embolados podem causar lesões na pele do gato.

Os cuidados com a pelagem também incluem banhos mais freqüentes do que em outras raças de gatos e tosas higiênicas.

Outro cuidado importante é com os olhos do persa. Os persas lacrimejam bastante, devido ao formato do focinho, achatado, e canais lacrimais estreitos. Por isso necessitam de limpeza diária na região dos olhos para evitar que fiquem com manchas nos pêlos e que desenvolvam dermatites pelo acúmulo de umidade.