Gatos de apartamento – eles podem ser felizes?

Escrito por

Gatos – eles podem ser felizes em apartamento?
A resposta é sim, com toda certeza!

Entenda os cuidados necessários para criar e entreter gatos de apartamento.

Um gato sem acesso à rua é um gato longe de perigos!

Uma das principais dúvidas de quem pensa em adotar um gato é: será que ele vai se adaptar a vida em apartamento?

O mito de que gatos “são independentes e precisam de liberdade” ainda perdura.

O problema é que atualmente grande parte da população vive em ambientes urbanos, o que significa muitos perigos eminentes para um bichano que saia de casa sem supervisão.

Rodovias movimentadas, veneno contra pragas, lixo contaminado, além de doenças transmitidas pelos muitos animais sem dono que vagam pelas ruas, são apenas alguns exemplos dos perigos à saúde e à vida de um gatinho em cidade grande.

Portanto, se pensa em adquirir um gato e vive em apartamento, saiba que esta é provavelmente a melhor condição de vida que ele poderá ter.

Um gato adulto também pode se adaptar em apartamento

Se apaixonou por um gato adulto e pensa em adotá-lo?
Não se preocupe, gatos são extremamente capazes de se adaptar a novas situações.

Gatos felizes

Mesmo que tenha crescido na liberdade das ruas, o gato certamente ficará mais feliz em ter um lar, um pratinho de comida sempre cheio e um cantinho onde possa descansar sossegado.

Acredite, eles se adaptam – e bem rapidamente – a esse novo estilo de vida!

Como entreter seu gato de apartamento

Gatos são animais ativos e inteligentes.
Quando vivem em apartamento, tendem a se tornarem mais preguiçosos e acomodados.

É bem verdade que os gatos adoram passar horas e horas a dormir, mas também precisam de um momento do dia para distrair a mente e gastar energia!

Com um gato quase tudo pode virar brincadeira

Com um gato quase tudo pode virar brincadeira

Animais curiosos que são, com um gato quase tudo pode virar uma brincadeira.

Caçar bolinhas de papel ou de papel alumínio costuma ser uma preferência – alguns aprendem até a entregá-las de volta como os cães!

Brinquedos com elásticos e penas também divertem os gatos.
Experimente amarrar um elástico comprido a um pedaço de pano ou a algumas penas e verá como seu gato dará enormes saltos para buscar sua “caça”!

Gatos são mais independentes que os cães e podem brincar sozinhos.
Porém, aqueles mais preguiçosos podem precisar de uma ajudinha extra.

Interaja com seu gato de apartamento e estimule-o a brincar, é muito importante para a saúde física e mental dele!

Prateleiras com almofadas e por onde o gato possa andar também são uma ótima forma de entreter e exercitar o bichano que vive em apartamento.

Cuide para que seu gato não fique obeso

O gato de apartamento pode virar um verdadeiro viciado em comida. A falta de atividade é a principal causa da obesidade nos gatos de apartamento.

Como não saem para caçar e há restrição de espaço, podem ficar entediados e começam a comer para passar o tempo.

Por isso, se seu gato está gordinho, comece o quanto antes a controlar a quantidade diária de alimento oferecida a ele.

Providencie um arranhador para o seu gato de apartamento – e poupe seus móveis!

As unhas dos gatos precisam ser afiadas regularmente.
Quando vivem no ambiente rural, os gatos arranham troncos de árvores para manterem suas unhas afiadas.

Por isso, é essencial que o dono de gato providencie um local adequado para ser o arranhador do gato – ou ele certamente irá usar aquele sofá novinho ou o tapete da sala!

Cuidado com as janelas! Tenha redes de proteção em todas as janelas do apartamento

Gatos adoram janelas

Gatos adoram janelas

Curiosos, caçadores e adoram alturas: a personalidade de um gato é a mistura perfeita para acidentes com janelas! Não pense que “o gato sabe se virar” ou “ele é esperto, não vai cair”.

Basta um passarinho que passe mais perto ou um salto mal calculado para o gato sofrer um acidente grave ou até fatal.

Se há um gato no apartamento, é obrigatório que as janelas e varandas tenham redes de proteção.