Como Reconhecer a Otite no Cachorro

Escrito por

 

A otite nos cães provoca muita dor e pode levar o animal até a surdez permanente.

Descubra como reconhecer essa patologia muito comum nos cachorros.

O que são as otites caninas?

diagnosticando a otite canina

Otite canina é o nome dado ao processo inflamatório que ocorre no ouvido externo do cão.

Os cães têm um canal auditivo muito mais longo que o dos humanos, sendo este um dos fatores que contribuem para a grande incidência de otites nesses animais.

Quais as causas de otites nos cães?

As otites podem ser causadas por diversos fatores, sendo os mais comuns os processos alérgicos, os parasitas e os microorganismos.

Corpos estranhos e tumores também podem ser causa das inflamações no ouvido do animal, embora em casos mais raros.

Os ácaros, bactérias e leveduras são os principais agentes causadores e perpetuadores das otites nos cães.
Os cães que possuem doenças autoimunes e os cães com hipotireoidismo possuem também maiores incidências de otites.

Quais os fatores que predispõem o aparecimento das otites nos cães?

Algumas raças de cães possuem maior predisposição ao desenvolvimento das inflamações de ouvido, nomeadamente as raças com orelhas caídas e longas, como o Basset Hound, o Cocker Spaniel e o Labrador Retriever.

otite nos cachorros

Cães de orelhas longas como o basset hound têm mais predisposição a otite.

Este tipo de anatomia das orelhas acaba por promover maior acúmulo de umidade e matéria orgânica no canal auditivo, além de manter uma temperatura mais elevada, fatores que auxiliam o crescimento de microorganismos.

Porém, atenção: um cão saudável não deve desenvolver otites simplesmente por ter uma predisposição racial ou anatômica.

A grande parte das otites tem como causa principal as alergias, sendo as alergias alimentares especialmente importantes e muitas vezes ignoradas no diagnóstico.

Sugerimos a leitura do nosso artigo sobre Alimentação dos Cães para entender como a alimentação pode afetar a saúde do seu cão.

Outros fatores que podem desencadear as inflamações auditivas incluem:

causas de otite nos cachorros

– Entrada de água nos ouvidos durante mergulhos ou banhos sem proteção adequada;
– Vento em excesso diretamente nos ouvidos dos cães (cães que apanham vento nas janelas dos carros em movimento)
– Ambiente quente e úmido
– Presença de parasitas nos ouvidos, como sarnas e carrapatos.

Como reconhecer que um cão sofre de otite?

Nem sempre conseguimos notar de imediato, porém os sinais da otite normalmente se intensificam com o passar do tempo e devemos ter atenção ao comportamento do nosso cão.

Fique atento se o cão apresenta um ou mais destes sintomas:

– Mostra-se incomodado ou com dor
– Coça um ou ambos os ouvidos
– Esfrega a orelha contra a parede ou o chão
– Bate as orelhas
– Balança a cabeça com frequência
– Anda com um lado da cabeça mais baixo que o outro
– Gane, chora ou resmunga quando tentamos tocar-lhe nas orelhas
– Foge quando tentamos olhar os ouvidos
– Forte odor mesmo pouco tempo após o banho.

Quando olhamos os ouvidos, estes devem estar sempre secos, sem fortes odores e com coloração rosa suave.

O seu cão provavelmente apresenta otite quando podemos observar:
– Umidade ou secreção nos ouvidos
– Cerume em grande quantidade
– Vermelhidão ou feridas na pele do ouvido
– Odor forte e desagradável nos ouvidos.

Como evitar a otite nos cães?

As otites são muito dolorosas e podem se tornar um problema crônico se não tratadas com rapidez e eficiência.

Alguns cuidados que evitam o aparecimento das otites nos cães são:

ouvido do cachorro

Os ouvidos saudáveis devem estar secos e levemente rosados.

– Colocar um chumaço de algodão nos ouvidos dos cães antes do banho
– Limpar os ouvidos dos cães com produto específico para tal após o banho ou mergulho na água
– Não deixar o cão apanhar vento à cara na janela do carro em movimento
– Tratar o cão contra parasitas
– Fazer limpeza periódica dos ouvidos com um algodão e produto próprio para limpeza de ouvidos dos cães.
A cada dez dias para cães de orelhas caídas e a cada quinze para os de orelhas eretas ou semi-eretas.
– Manter o cão em ambiente higiênico
– Fornecer alimento de qualidade ao cão.

Como tratar a otite no cão?

O principal problema aqui é ter o diagnóstico correto.

É necessário que se perca um pouco de tempo até se fechar um diagnóstico concreto e tratar realmente a causa da otite naquele cão.

Por vezes faz-se necessário o uso de antibióticos, que poderão ser prescritos pelo médico veterinário.

As otites muitas vezes tornam-se reincidentes e crônicas pela falta de um tratamento correto.
As consequências de uma otite crônica vão desde a dor constante, fazendo com que o cão mude seu temperamento, se tornando arredio ou agressivo até a surdez permanente do animal.

É muito importante, então, que o cão seja levado a um médico veterinário de confiança e que sejam feitos exames que esclareçam a causa da otite.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: donjd2, waferboard