Alimentação Caseira para Gatos: Guia Básico

Escrito por

Quer oferecer um mimo a mais e preparar a comida do seu gato? Deseja proporcionar uma alimentação mais fresca e natural ao seu animal? Saiba quais são as necessidades nutricionais do seu gatinho.

O Gato: Um Grande Predador

O gato doméstico, apesar de pequeno no tamanho, ainda é considerado um dos maiores predadores naturais.

Isto porque, enquanto muitos animais são muito seletivos com seu tipo de caça e alimentação, os gatos caçam e consomem praticamente todo tipo de pequenos animais.

Desde aves e roedores aos menores insetos, há uma enorme gama de espécies que podem se tornar uma “vítima” e terminar no cardápio do gatinho.

Necessidades Alimentares dos Gatos

gatoSendo um felino e grande caçador, assim como seus parentes selvagens, o gato doméstico ainda conserva-se um animal essencialmente carnívoro.

Por isso, a base da alimentação do gato deve ser proteína animal de boa qualidade.

Os gatos também devem consumir vísceras e uma pequena quantidade de vegetais.

Os carboidratos e os grãos não devem fazer parte da dieta do gato, que não está fisiologicamente adaptado para digerir estes alimentos.

Dieta Básica para um Gato Saudável

Antes de dar comida caseira para o seu gato, certifique-se que ele está saudável, pois gatos com doenças renais, cardíacas, hepáticas, pancreáticas ou outras doenças crônicas precisam de alimentação específica, com restrição ou adição de alguns nutrientes.

Uma dieta básica para um gato saudável pode ser composta pela combinação dos seguintes itens:

  • Carnes: carne de vaca, porco, frango, codorna, coelho, carneiro, peixe e até carne de rã;
  • Ovos: fornecem proteína de alta digestibilidade, minerais e vitaminas. Utilize também a casca, seca e moída, como fonte de cálcio;
  • Coração: bovino, suíno ou de frango, é parte essencial na dieta do gato;
  • Vísceras: fígado, rins, pulmão (bofe), baço;
  • Vegetais: agrião, alface, abóbora, batata doce, beterraba, berinjela, cenoura, chuchu, espinafre, quiabo, pepino, rúcula, vagem.

Proporções Entre os Alimentos

Os grupos alimentares descritos acima devem ser divididos segundo a seguinte proporção. Para 1kg de alimento preparado, utilize:

  • 650g de carne
  • 100g de vísceras
  • 100g de coração
  • 150g de vegetais
  • 1 pitada de sal
  • 1 colher de chá de farinha de casca de ovos
  • Complemento de Taurina: muito importante para a saúde do gato, a taurina deve ser suplementada todos os dias, 250mg por dia. Trata-se de um aminoácido importante para a formação e manutenção da visão, coração e sistema nervoso central do animal.

Outros suplementos:

  • Óleo de peixe: duas a três vezes na semana, como fonte de ácidos graxos.
  • Comprimidos de complexo B, 50mg por dia.

Quanto Servir de Alimento por Dia

Um gato médio (4kg) deve consumir em torno de 200g de alimento por dia.

Os gatos preferem se alimentar com quantidades menores algumas vezes por dia.

Por isso, divida a quantidade de alimento diário em 3 ou 4 refeições. Ou seja, se oferecer 4 refeições ao gato, serão 50g de cada vez.

Como Preparar o Alimento do seu Gato

Cozinhe os alimentos em pouca água e sem temperos.

panela cozinhandoEvite jogar a água do cozimento fora: o ideal é colocar pouca água e esperar que evapore, para evitar a perda dos minerais e vitaminas dos alimentos.

As carnes e vísceras devem ser pouco cozidas, pois o sistema digestivo carnívoro do gato as utiliza melhor se estiverem mal passadas.

Os vegetais, ao contrário, devem ser bem cozidos, ou não serão bem aproveitados pelo gato.

Quando for servir, é importante triturar e misturar bem todos os alimentos, pois se tiver possibilidade, provavelmente o gato irá escolher comer apenas as carnes!

O alimento preparado pode ser separado em pequenas porções e mantido no congelador. Assim podemos cozinhar uma quantidade maior de alimento por vez e poupamos tempo no dia-a-dia.

Outros Alimentos que Podem ser Incluídos na Dieta do Gato

  • Ovos: podem entrar na alimentação em substituição de parte da carne, uma a duas vezes por semana. Um ovo equivale a 50g de carne.
  • Azeite ou óleo de coco: um fio de óleo vegetal é benéfico para a saúde do gato, principalmente para a pele e pelagem.
  • Iogurte: os gatos adoram laticínios, mas o leite de vaca não é indicado pois frequentemente causa diarreias, entre outros problemas. O iogurte, ao contrário, pode ser oferecido ao gato diariamente, atuando inclusive como probiótico natural. Evite os iogurtes com aromas e açúcar.

Alimentos Proibidos aos Gatos

Alguns alimentos comuns na alimentação humana – e até saudáveis para nós! – podem ser extremamente prejudiciais ou tóxicos para os gatos.

  • Nunca dê alho e cebola para o seu gato, por menor que seja a quantidade: provoca intoxicação e anemia grave.
  • Nunca dê chocolate nem leite achocolatado. Causa intoxicação hepática.
  • Não dê óleo de milho, soja ou girassol para o gato, nem adicione este tipo de óleos no preparo da sua alimentação.
  • Não dê alimentação de cães para os gatos. Gatos não são cães pequenos! Por mais que eles possam gostar do sabor, as necessidades nutricionais dos cães e gatos são diferentes.
  • Não dê restos de alimentos “de gente” para o seu gato.

Atenção: este artigo é um guia básico para gatos saudáveis, para maiores informações ou uma dieta específica para a idade e condição física do seu gato, consulte um veterinário nutricionista. Gatos com doenças crônicas não devem mudar a alimentação sem o acompanhamento de um médico veterinário. Faça exames de saúde no seu gato regularmente.