Tratamento da Piscina com Cloro: Passo a Passo

Escrito por

A maior parte das piscinas brasileiras é tratada exclusivamente com cloro. Ele garante a desinfecção das águas, sem riscos para quem se banha nelas. Veja a seguir como usar o cloro adequadamente.

Apesar da alternativa da utilização de ozonizador para tratar piscinas, o cloro ainda é a maior referência no assunto.

Ele é apresentado sob diversas formas, cada uma delas tem suas características típicas de utilização. Por isso, o primeiro passo é escolher que tipo de cloro será usado na desinfecção. O mais usado, devido a sua praticidade e poder de desinfecção, é o granulado.

Tratando a Piscina com Cloro: Princípios Básicos

Na hora do tratamento da piscina, verifique se todos os equipamentos estão funcionando perfeitamente. Inclusive o conjunto filtrante e demais acessórios.

Analise o pH da água com uma fita teste. Se estiver fora da faixa 7,2 a 7,8, ajuste para esta faixa usando um produto elevador de pH para aumentá-lo – ou um redutor de pH para baixá-lo.

Analise a alcalinidade total (quantidade de bicarbonatos na água) com outra fita teste. O ideal é ficar na faixa de 80 a 100 ppm (partes por milhão). Ajuste para a faixa ideal usando produto elevador de alcalinidade para aumentá-lo e um redutor de pH para baixá-lo.

Agora é hora de fazer a oxidação de choque. Para isso, utilize o cloro granulado na proporção de 10 gramas para cada 1000 litros de água.

tratamento piscina cloro

Economize energia: aplique em seguida 5 ml de solução clarificadora para cada 1000 litros. Esse produto aglomera as partículas dispersas na água, que podem torná-la turva. A vantagem é que isso ajuda bastante a filtração da piscina, que em geral leva de 6 a 8 horas seguidas.

Faça a limpeza da borda da piscina com um produto para esse fim, usando uma esponja umedecida.

Dissolver bem a quantidade de cloro necessária em um balde com água da própria piscina. Isso evitará que os grânulos se depositem no fundo, causando manchas – principalmente em piscinas de vinil e fibra.

Repita a dosagem de cloro a cada dois dias usando a metade da dosagem de choque. Repita a dosagem de clarificante uma vez por semana usando a metade da dosagem de choque.

Em piscinas de fibra ou vinil utilizar o Algicida adequado para cada tipo de piscina.

Mantendo a Piscina com Cloro Sempre Limpa

Acione a filtração diariamente de 6 a 8 horas seguindo as instruções do fabricante e o dimensionamento do seu filtro. Analise semanalmente a alcalinidade total e o pH; ajuste-os se estiverem fora do padrão.

piscina folhasAdicione semanalmente 5 ml de algicida de manutenção para cada 1000 litros, para evitar a formação de algas. Faça isso sempre no dia que não adicionar o cloro, para evitar que um consuma o outro.

Algas são um problema muito comum em águas de piscinas, e não há nada que possa impedir que elas apareçam. Porém existem formas de impedir que elas encontrem um ambiente favorável ao seu desenvolvimento.

Para isso é necessário manter o nível de cloro residual livre na água entre 2 e 4 ppm. Manter o pH e a alcalinidade dentro dos limites favoráveis.

A alteração no pH e na alcalinidade ocorre muito em época de chuva intensa, muitos banhistas ao mesmo tempo utilizando a piscina, insuficiência na filtração, poluição e outros.

Quando a piscina estiver infestada com algas ela apresenta cor esverdeada escuro. A melhor forma de eliminá-las é adicionar cloro granulado na proporção de choque e no dia seguinte o algicida de choque na proporção de 5ml para cada 1000 litros.