A Importância da Reserva de Emergência para a Economia Doméstica

Escrito por

Ninguém está livre de ser surpreendido por imprevistos. Para um problema de saúde, desemprego ou até mesmo pequenas chateações você pode criar uma reserva de emergência para não ser pego desprevenido. Saiba a seguir como fazer a sua e manter a saúde da economia doméstica.

Por Que Fazer uma Reserva de Emergência

A reserva de emergência é uma quantia que deve permanecer intocada, de preferência num fundo de investimento, e só ser utilizada em casos de emergência.

seguro familiaEla poderá ser um grande quebra-galho nos momentos sérios, como enquanto você procura um emprego. Ou caso tenha um problema de saúde e não conte com um plano médico-hospitalar.

Incidentes medianos, como o conserto do carro, ou pequenos, como um cano quebrado, também podem ser imediatamente resolvidos a partir do dinheiro desse fundo doméstico.

Mesmo funcionários públicos, que possuem estabilidade, devem fazer uma reserva de emergência. Ela evitará que você precise pedir um empréstimo para sanar eventuais problemas.

Fundo de Emergência: Quanto Poupar

Se você já possui um orçamento mensal anotadinho numa planilha, já sabe quanto gasta por mês. Caso você ainda não tenha um controle financeiro, é hora de fazer um.

O valor ideal para poupar é o equivalente a três meses de despesas correntes. Ou seja, se você possui gastos mensais em torno de R$1.000,00, sua reserva estará plena com R$3.000,00.

Se você puder, faça uma reserva que cubra de oito a doze meses de despesas.

Onde Guardar o Fundo de Emergência

porquinho boiaComece abrindo um fundo de investimento de baixo risco e com liquidez diária para guardar esse dinheiro. Parado é que ele não pode ficar.

É claro que você não precisa colocar tudo de uma vez. E é importante que você possa resgatar valores sempre que desejar, sem carências.

A sua reserva de emergência é um projeto que pode ser incrementado mensalmente e termina quando já tiver alcançado o valor necessário. Não se afobe: poupe o quanto for possível para você. Aumente gradualmente esse valor.

Se quiser poupar com o máximo de aproveitamento, procure o gerente do seu banco ou uma empresa especialidade em investimentos pessoais.

Dicas para Não Gastar com o que Não é Emergencial

Você possivelmente vai sentir aquela coceirinha na mão ao ver aquele dinheiro todo guardado na conta. Pode se sentir tentado a aproveitá-lo numa promoção ou viagem incrível.

Não faça isso.

Comece poupando o equivalente a um mês de despesas. No nosso exemplo, seria R$1.000,00. Aí sim, a partir daí, você de fato inicia a poupança dos três meses de fato.

Esses R$1.000,00 poderão funcionar como uma reservinha para pequenas tentações. A reserva propriamente dita deverá permanecer intacta. Sempre reponha a diferença gasta desses R$1.000,00 assim que possível.