Presentes de Natal de Segunda Mão

Escrito por

O hábito já está bastante difundido em países europeus, especialmente na França. Descubra a seguir que dar presentes de Natal de segunda mão pode ser charmoso, e especialmente carinhoso.

Seu orçamento está apertado, mas o número de pessoas que merece ganhar um presente de Natal aumentou. E agora, o que fazer? É simples: você pode produzir um presente do zero (nossa sessão Artesanato está cheia de sugestões!) ou pode adquirir um item usado.

É uma saída ousada, mas que pode dar muito certo. Inclusive, muitas pessoas gostam de dar presentes usados exatamente pelo charme da situação.

Confira algumas dicas e acerte na mosca.

Presente de Segunda Mão: Faça as Contas

Em primeiro lugar é importante saber quanto você pretende gastar por pessoa. É importante lembrar que um presente usado não pode sair de qualquer bazar; não pode ser “qualquer coisa”.
Na verdade, você provavelmente gastará mais tempo garimpando alguma coisa que faça bonito. E algumas vezes o próprio valor histórico da peça acabe a encarecendo.

brechóDe modo que muita gente acaba procurando por brechós e antiquários exatamente por causa dessa bossa incomparável, que um presente novo comprado em loja simplesmente não possui.

Roupas e acessórios em geral saem mais barato. Isso porque correm maior risco de estarem desgastados. O ideal é ir direto a um lugar conhecido por mercadorias de segunda mão em perfeito estado.

Móveis e objetos decorativos antigos tendem a ser um pouco mais caros – exatamente por conta do valor histórico. Mais do que roupas e acessórios, decoração sempre tem a benesse do status de antiguidade.

É verdade que nem todo mundo é capaz de reconhecer isso. Para essas pessoas é melhor adquirir um presente novo.

Como Escolher Roupas e Acessórios Usados para Dar de Presente

escolhendo roupaQuando estamos comprando itens de segunda mão para nós mesmos, podemos aceitar um ou outro pequeno defeito. Contudo, quando estamos falando de presentear, o nível de exigência deve subir. Bastante.

Mesmo sua melhor amiga pode ficar intimamente desapontada com um fio puxado ou um par de brincos um pouco lascados. Afinal, todo presente é uma homenagem, e algo com defeito pode parecer falta de consideração.

Ou seja, regra número um: a peça deve estar em perfeito estado. Botões, bolsos, fechos, forros. A regra número dois é não comprar usado um item facilmente encontrável novo em outras lojas. Fica parecendo que você está querendo fazer economia a qualquer custo.

Sim, presentes usados precisam ser razoavelmente raros. Aí está seu grande valor. Mas também devem dialogar com a moda atual. Não podem ter caído em desuso, serem agora considerados cafonas.

No departamento do vestuário, dê preferência às blusas, vestidos, saias, calças, écharpes, xales, bolsas e casacos. Evite sapatos: a menos que nunca tenham sido usados, é de mau gosto dar um presente com solas gastas. Lingerie, biquínis e meias são proibitivas.

Se a pessoa que você quer presentear já manifestou grande admiração por alguma peça sua que você não gosta mais, dá-la para ela poderá ser um lindo gesto de amizade.

Entre as bijuterias, basta que sejam bem estilosas e difíceis de encontrar. Não vale itens arranhados ou descascando, enferrujados, pedras quebradas.

Em todo e qualquer caso, capriche muito na embalagem. Com direito a papel de seda, caixa luxuosa e um laço de fita maravilhoso.

Presenteando com Móveis e Objetos Antigos

comprando antiguidadeMóveis são grandes demais para caber ao redor da árvore de Natal. E mesmo usados podem ser caros. Portanto uma opção é dar de presente um móvel herdado que você já não usa.

Você vai precisar enviar uma foto dele como uma proposta de presente. Se o outro aceitar, combine de entregá-lo o mais perto possível da data festiva. Um toque de humor e carinho é amarrar um laçarote vermelho ou dourado ao redor da peça. Será um super presente!

Mas quando o assunto é uma antiguidade, o ideal é que seja uma peça de decoração ao invés de um móvel. E ela deve ser pitoresca: nada que se pareça com o que já é vendido no comércio tradicional.

Um conjuntinho de chá (sem rachaduras), de copos clássicos (sem lascas), um jogo de toalha de mesa e guardanapos bordado (sem manchas ou fios puxados), espelhos de mão, jarras de metal, luminárias antigas… as opções enchem uma longa lista.

Peças de arte podem ser especialmente interessantes.