Quando e Como a Água da Piscina Deve Ser Tratada

Escrito por

A piscina pode parecer límpida, cristalina, sem odores estranhos. Mesmo assim, quando fica muito tempo sem ser usada, poderá estar contaminada por bactérias e microorganismos, e não reunir condições de salubridade. Aprenda a tratar a água da piscina.

Quando a água estiver suja, recomenda-se a remoção mecânica das impurezas. Quando turva, deverá ser feito um tratamento físico-químico que permita a purificação da água.

Tratamento da Água da Piscina: Primeiros Passos

piscina verde

Piscina com água contaminada

Uma reclamação constante de pessoas que frequentam piscinas públicas é o forte “cheiro de cloro” que elas apresentam, principalmente quando são cobertas.

Na verdade, o ácido hipocloroso, denominado “cloro livre”, não tem cheiro em concentrações até 20ppm. O máximo recomendado na piscina é de 3ppm.

Portanto, o cheiro forte não é de cloro ou de ácido hipocloroso, mas sim de compostos denominados cloroaminas. Eles são formados pela reação entre o ácido hipocloroso e o cátion amônio (NH4+(aq)), liberado pela urina ou pelo suor dos banhistas.

O cloro é indispensável para a segurança dos banhistas no tratamento da água da piscina. Ele  é o elemento que elimina os microorganismos da água, oxida a matéria orgânica e os metais nela dissolvidos e inibe odores desagradáveis.

Também previne a transmissão das mais diversas doenças infecciosas, tais como hepatite, otite, micoses, cólera, doenças venéreas, etc.

Medidas de Ph para a Piscina

O nível residual do cloro livre considerado ideal para combater e prevenir eventuais contaminações da água da piscina é de 1ppm a 3ppm.

O pH ajustado na faixa ideal assegura uma ação eficaz dos produtos químicos. Isso proporciona maior conforto aos banhistas, ajudando a prevenir a ocorrência de processos corrosivos.

piscina

Um pH desajustado poderá causar irritação na pele e nos olhos, corrosão nos equipamentos. Além da redução da eficácia do cloro e problemas como água turva, incrustações nos tubos e demais partes do sistema de circulação de água.

O pH deve estar na faixa ideal de 7,0 a 7,4.Ppm = partes por milhão; 1 ppm = 1 mg/kg

Cuidados

Não compre nem use o produto popularmente chamado de “cloro” (líquido esverdeado ou amarelado). É normalmente vendido em qualquer quantidade sem embalagem própria.

Esse é um produto muito concentrado, que pode causar intoxicações graves por ingestão (quando bebidos) ou inalação (quando cheirados).

Provocam irritações violentas quando em contato com a pele ou com os olhos. Além de ser extremamente perigoso especialmente para crianças e animais domésticos.

Para proteger ainda mais a água da sua piscina, aposte em capas e coberturas especiais.