Como Cuidar das suas Joias de Pérolas

Escrito por

É comum a confusão entre pérolas naturais e cultivadas. As naturais, por definição, são encontradas em moluscos por mergulhadores, sem que tenha ocorrido qualquer interferência em sua formação. Quase todas as pérolas comercializadas hoje são cultivadas e em nada diferem das naturais em beleza, textura e durabilidade. Seja como for que elas se originaram, há formas específicas para cuidar das joias de pérolas. Acompanhe.

A maior parte das pérolas naturais foi encontrada por acaso. Pela sua raridade, adornavam apenas as jóias da realeza. São muito raras e o trabalho de achá-las é tão difícil que, desde 1916, elas não são mais procuradas.

Pérolas cultivadas possuem um processo de formação é exatamente igual ao de uma pérola natural, com uma diferença: uma substância externa – em geral, um núcleo sintético – é introduzida no molusco de forma artificial, para a formação da pérola.

O período de formação varia de três a cinco anos. Somente um especialista pode diferenciar uma pérola natural de uma cultivada.

Como Guardar suas Pérolas

perolas areiaAs pérolas são um elemento orgânico e natural, precisam “respirar”. Por isso, nunca se deve guardá-las em caixas fechadas ou sacos plásticos. O melhor é embrulhá-las em papel de seda, lenço de papel ou de algodão e guardá-las em uma gaveta.

O excesso de umidade, assim como cosméticos, cremes, perfume, substâncias ácidas e suor devem ser mantidos longe de suas pérolas. Essas substâncias tornam a pérola opaca e diminuem sua durabilidade.

Não guarde suas pérolas junto com outras joias sem embrulhá-las em papel fino. Elas podem ser riscadas com facilidade. Antes de guardá-las após o uso, limpe suas pérolas com uma flanela umedecida com água filtrada.

As joias de pérolas devem ser levadas, pelo menos uma vez por ano, para manutenção. O fio de seda que as une deve ser trocado, para que elas não percam seu caimento impecável.

Limpando Pérolas

Pérolas e madrepérolas podem ser friccionadas delicadamente com azeite de oliva ou óleo de amêndoa, puros, de boa qualidade, antes de serem usadas.

Fique atento aos desgastes dos fios em que estão enfiados os colares e as pulseiras. Se arrebentarem poderão lhe causar um grande prejuízo.

A melhor maneira para limpá-las é usar uma flanela bem macia ou algodão, principalmente logo após o uso. Usar também um sabão neutro e água fria destilada, mas não deixar de molho. Enxaguar bem e secar com um pano ou papel macio.

Evite deixar jóias em contato com água do mar, piscina, chuveiro ou torneira (por causa dos elementos químicos, sabões e sabonetes que não sejam neutros), sol ou qualquer outra fonte de calor.

Evite Arranhões nas Pérolas

Trate suas pérolas com cuidado, pois são muito sensíveis. Possuem dureza de apenas 2,66 na escala Mohs. Arranham-se muito facilmente.

Após utilizar as pérolas, passe um tecido macio, seco ou úmido, para prevenir a acumulação de sujeira e manter a pérola livre do suor, prevenindo a corrosão do nacre.

Procure analisar sua transpiração. Se contiver um teor ácido superior ao normal, fará com que provoque uma redução no tamanho de suas pérolas de até 50% em menos de dois anos de uso.

Não as exponha ao calor excessivo, pois são calcárias e o calor pode destruí-las.

Conservação de Pérolas

Coloque as pérolas somente após terminada a sua maquiagem. Antes de guardar, limpe bem com uma flanela macia.

Não guarde jóias com pérolas sem a devida proteção, guarde cada uma em um estojo separadamente. Não misture as pérolas com outras jóias, pois elas podem se danificar.

Se o fio estiver engordurado, reenfie novamente as pérolas. Não utilize escova de dentes ou de polimento e nenhum material abrasivo para limpar as pérolas.

Curiosidades sobre Pérolas

Você sabia que as pérolas dos Mares do Sul (South Sea) são as maiores e mais raras de todas as pérolas? Já as pérolas negras são comumente chamadas de “pérola do Taiti” e podem ter um tom em cinza claro ou em um arco-íris de cores.

Existem registros de que no apogeu do império Romano, quando a febre de pérolas estava no auge, o general romano Vitellius financiou um exército militar vendendo apenas um dos brincos de pérola de sua mãe.

A Pérola legítima (natural ou cultivada) é o resultado de uma fantástica criação da Natureza dentro de uma ostra. Qualquer outra denominação (maiorca, spain, etc) não passa de contas de vidro cobertas por uma camada de material plástico.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: NATALIA PHOTOS, OSU Special Collections & Archives : Commons, mynameisharsha, RLHyde