Como Escolher a Poltrona ou Cadeira para o Idoso

Escrito por

Com o passar do tempo todos precisamos de poltrona ou cadeira cada vez mais ergonômicos. Isso é especialmente verdadeiro para os idosos. Afinal, seus corpos mais frágeis precisam de um apoio perfeito para que não desenvolvam má postura e outros problemas ortopédicos, que nessa fase podem ser bem dolorosos. Saiba mais a seguir.

Medidas para a Poltrona ou Cadeira para o Idoso

Existem proporções padrão para acertar na hora de comprar uma poltrona ou cadeira para o idoso. O primeiro detalhe a observar é que os joelhos do usuário fiquem de 3 a 5 cm afastados do assento.

Isso significa que a profundidade da poltrona deve ser um pouco menor do que essa articulação. É importante que ele consiga colocar os pés todos no chão.

Já quando falamos em largura, o ideal é que o idoso consiga colocar uma mão de cada lado do quadril. E a altura do encosto deve ser alto, de modo que a cabeça tenha apoio.

Isso traz mais conforto caso ele tire uma soneca.

Tipos de Poltrona ou Cadeira para Idosos

Um dos modelos mais fáceis de encontrar são as poltronas reclináveis. O encosto pode ser posicionado em diferentes ângulos.

poltrona ou cadeiraAqui é importante que o idoso sempre se sente e se levante com o encosto em ângulo de 90 graus, bem retinho na vertical. Apenas depois, e gradualmente, ele deverá se reclinar para baixo ou para cima.

Vale lembrar que essa cadeira não é recomendável para idosos que não conseguem mais se movimentar sozinhos.

As cadeiras de repouso podem ser manuais ou eletrônicas. O que as diferencia é que são muito mais confortáveis, e ao mesmo tempo mantém o alinhamento postural.

Cadeiras eletrônicas são uma versão que facilita o controle desses comandos com mais independência. Com um apertar de botão o idoso conseguirá posicioná-la da forma desejada.

Esta opção torna-se especialmente confortável quando o idoso perde a mobilidade e também, quando passa a maior parte de seu tempo num ambiente só ou no seu quarto.

Na verdade são poltronas do melhor nível. São mais largas e perfeitas para o idoso que passa a maior parte do tempo sentado. São perfeitas para ver tevê, ler, conversar e cochilar.

Cadeiras motorizadas possuem rodas que se movimentam eletronicamente, de acordo com o comando do próprio usuário.

Estruturas de uma Cadeira para Idosos

Dentro desses tipos apresentados a cadeira possui estruturas que podem variar.

É importante que a cadeira para o idoso seja regulável. Afinal, dificilmente você vai encontrar uma delas com as medidas citadas na primeira parte do texto. Altura, peso e outras características variam muito de pessoa para pessoa.

poltronaSe o idoso já não consegue se locomover com independência, cogite uma cadeira de rodas. Elas não precisam ser aquelas convencionais, para uso externo ou em hospitais.

Já existem poltronas de repouso, reclináveis e até para banho, mas também com rodas.

Se o idoso já está em idade bem avançada, invista numa cadeira com controle de pressão. Ela evita que os órgãos internos sofram com a pressão da mesma postura por tempo demais.

Um apoio para os pés é desejável caso realmente o indivíduo não consiga pisar completamente no chão. Esse apoio ajuda inclusive a distribuir o peso corporal com mais facilidade.

Suportes laterais auxiliam a manter um idoso na postura ideal quando sentado.