Como Cuidar do seu Violão

Escrito por

O violão é um instrumentos  acessível e tem um timbre muito bonito e marcante. Para aproveitar todo seu potencial musical, aprenda a cuidar dele em detalhes.

O violão é um dos instrumentos mais populares que existe. No entanto, nem todo mundo sabe como fazer a manutenção correta. Confira nossas dicas.

Como Realizar a Limpeza do Violão

Realizada de maneira correta e periódica, a limpeza do violão não apenas ajuda a mantê-lo sempre bonito como também amplia a vida útil do instrumento.

É importante limpar o corpo, o braço, as tarraxas e o pescoço (a parte onde ficam presas). Veja como limpar o seu violão:

  • Para remover o pó do corpo, basta limpá-lo com um pano de flanela seco;
  • Passe o pano também na parte de trás do braço;
  • Se a sujeira for mais resistente, passe o pano levemente umedecido com água, mas sem fazer pressão;
  • No caso de sujeira pesada, aplique produtos de limpeza específicos para instrumentos (como óleo de peroba ou cera de carnaúba, como o produto Kyser) no pano. Os especialistas, no entanto, recomendam sprays específicos para a limpeza de violões e guitarras, vendidos em lojas de instrumentos musicais ou via internet, como os da Gibson. O polidor Dandrea também é indicado;
  • Evite ceras automotivas que contém silicone ou substâncias abrasivas;
  • Para limpar a parte frontal do braço (por baixo das cordas) e os trastes, use um pincel com um pedaço de flanela na ponta ou uma escova de dentes. Esse processo fica mais fácil se você afrouxar as cordas, mas tenha atenção para afiná-las de volta. Para essa parte, utilize o produto Dunlop;
  • Para limpar as tarraxas, passe um pano de flanela umedecido com óleo mineral;
  • Para limpar as cavidades do violão (dentro do corpo do violão, junto ao rastilho e na pestana), também use um pano de flanela. O ideal é fazer isso ao trocar de cordas, pois o acesso ao interior do instrumento é mais fácil.
  • Por fim, mantenha sempre seu violão dentro de uma capa ou de um case.

Como Fazer a Limpeza das Cordas do Violão

violão cordasA limpeza das cordas é mais fácil que o corpo do violão. Ainda assim, exige alguns cuidados para garantir que elas mantenham seu timbre por mais tempo e proporcionem o máximo de durabilidade.

Você pode passar palha de aço nelas para remover possíveis ferrugens ou sujeiras mais resistentes.

Também é aconselhável passar um pano de algodão nelas, sem aplicar nenhum produto, sempre antes e depois de tocar.

Assim você remove os resíduos de pele e sujeira que são transmitidos dos dedos para o encordoamento, dois fatores que causam desgaste.

Outra dica é, esporadicamente, passar um pano levemente umedecido com produtos específicos para a limpeza das cordas – especialmente naquelas feitas de aço – para maximizar os efeitos benéficos da manutenção.

Existem bastões de algodão que já vem com um óleo especial para cordas, como o Lubrificante para Cordas PW-XLR8 . Basta esfregá-los sobre elas.

Dicas para Cuidar do seu Violão

Além de manter a limpeza do instrumento em dia, tomar alguns cuidados e criar certos hábitos ajuda a maximizar a vida útil do violão. Veja:

  • Limpe o violão e as cordas antes e depois de tocar. Também é aconselhável lavar as mãos antes de tocar, para não transmitir a sujeira da mão para o instrumento;
  • Guarde o seu violão em uma maleta ou capa específica;
  • Nunca deixe ele apoiado na parede com as cordas viradas para trás e as tarraxas viradas para a parede, pois isso pode entortar o braço;
  • Procure seguir as recomendações de limpeza e manutenção do fabricante (alguns instrumentos e materiais podem exigir produtos e práticas específicas);
  • Nunca utilize produtos abrasivos (como cera de carro) ou solventes na limpeza;
  • Não deixe cordas enferrujadas no violão (a ferrugem pode se espalhar para outras partes metálicas).

E o Que Fazer se o Violão Quebrar?

violao quebradoMesmo quando se tem todo o cuidado e carinho com o violão, às vezes acidentes acontecem e o instrumento acaba sendo danificado – o que pode ocorrer até mesmo pela ação do tempo.

Nesses casos, pequenas medidas, como trocar as cordas ou mesmo as tarraxas, podem ser feitas por você mesmo.

No entanto, em situações de danos mais graves, como descolamento da tampa, braço empenado, desregulagem do tensor, entre outros, o melhor é procurar um profissional especializado em instrumentos: o luthier.

Ele tem todas as condições de reparar o violão ou, então, indicar que, dependendo do problema, o melhor é adquirir outro modelo.