Andando de Bicicleta em Ciclovias da Cidade

Escrito por

Quem faz da bicicleta seu principal meio de transporte pela cidade encontra nas ciclovias a forma mais segura de transitar. Veja a seguir como tirar o máximo de proveito delas – e com segurança.

Cada vez mais as cidades brasileiras multiplicam suas extensões de ciclovias. Afinal, o número de adeptos da locomoção com bicicletas vem aumentando muito. O que não é para menos: a bike é um transporte relativamente barato, que não exige gastos com combustível.

Além disso, movimenta o corpo e é ótimo para o meio ambiente, pois não emite gases e não entope o espaço público.

Primeiros Passos para se Locomover de Bicicleta por Ciclovias

cicloviaSe você está começando a adotar a bike como seu principal meio de transporte, é preciso que você conheça o mapa das ciclovias da sua cidade.

Você precisa saber se a ciclovia lhe servirá totalmente, levando-o de casa para o trabalho, por exemplo. Ou se estará apenas parcialmente presente, exigindo que você utilize as ruas comuns para chegar até o seu destino.

Se este for o caso, analise melhor quais as melhores ruas para transitar de bicicleta. Prefira sempre as menos movimentadas.

Investigue, também, se existem locais seguros para estacionar a bike quando chegar. O ideal é que ela fique abrigada num local coberto e, de preferência, particular.

Mesmo assim, jamais deixe de prendê-la com corrente e cadeado em algum lugar.

Equipando sua Bicicleta – e Você – para Andar pela Cidade

Andar de bicicleta pela cidade é completamente diferente de andar num parque, numa região rural ou num local exclusivo para ciclistas.

Nem mesmo as ciclovias estão livres de pedestres e até mesmo praticantes de esportes como corridas, skate ou patinação.

Portanto, é fundamental esquipar a bike com espelhos retrovisores e buzinas. Os freios precisam estar sempre em dia, bem afiados, pois sempre existe um risco do surgimento repentino de pedestres desavisados. Os pneus, sempre calibrados.

Luzes piscantes são essenciais para quem pedala à noite. Luvas e óculos, para os dias mais ensolarados e quentes. Você precisa confiar tanto na sua visão quanto numa pegada seca no guidão. As mãos não podem ser escorregadias.

E quanto a você, capacete é obrigatório. Nos pés, tênis é o ideal. Chinelos, sapatos de salto (mesmo que baixo) e sandálias são proibitivos.

Cogite instalar um pequeno bagageiro na sua bicicleta: ali você poderá guardar corrente, capacete e um ar de tênis para sempre trocar na hora de pedalar.

Como Andar em Ciclovias com Segurança

sinal bicicleta cicloviaAo utilizar a ciclovia, você deverá zelar tanto pela sua própria segurança quanto a dos que transitam por perto.

Nunca pedale rápido demais. Atropelamentos e tombos graves se tornam muito mais prováveis. Mantenha uma velocidade constante e esteja sempre atendo às pessoas que estão à sua volta.

Fique atento às placas e avisos pintados no asfalto da ciclovia e respeite os sinais de trânsito. Sim, assim como o motorista, o ciclista deve respeitar os semáforos verde, amarelo e vermelho.

Atenção redobrada quando passar por postes: eles funcionam como ponto cego, de onde saem pedestres incautos. Respeite sempre o sentido de cada faixa da ciclovia. Faça ultrapassagens apenas com o máximo de segurança.

Esqueça o celular na hora de pedalar: se ao volante o risco de acidentes se torna altíssimo, segurar o guidão com uma mão ocupada é ainda mais arriscado. Sem contar que, com os olhos na tela, você não poderá estar atento ao seu entorno.

Também evite escutar música enquanto anda de bike. Você vai perder as informações sonoras do ambiente, como buzinas, ruídos de outras bicicletas se aproximando por trás e pedestres.

Além disso, está comprovado que a música diminui a concentração no caminho e tende a diminuir o equilíbrio do ciclista.