Alternativas às Sacolas Plásticas

Escrito por

Demorou, mas a proibição de sacolas plásticas fornecidas por supermercados e lojas virou lei. Afinal, elas constam como uma das maiores ameaças ao meio ambiente – principalmente nos oceanos, gerando milhares de vítimas submarinas todos os anos. Várias pessoas com consciência ecológica já fazem uso de sacolas alternativas e carrinhos há muitos anos. Se este não é o seu caso, confira algumas alternativas a seguir.

Sacolas: Plásticos Alternativos

tartarugaAs sacolas plásticas que conhecemos são fabricadas a partir de petróleo e gás natural, que são fontes de energia não-renováveis. Elas levam em média 300 anos para se decomporem na natureza.

Até lá, poluem a terra, rios e mares, levando milhares de animais à morte.

No entanto, por conta de sua praticidade, pesquisadores conseguiram criar alternativas ecológicas quase idênticas ao plástico. São chamadas de bioplástico, derivadas do amido de milho e da mandioca, e custam muito pouco.

Começam a se degradar 2 meses depois de descartadas.

Sacolas verdes derivadas da cana-de-açúcar, no entanto, não são completamente biodegradáveis.

Sacolas de Palha, Juta e Ráfia

Outro material muito tradicional é a palha. Aquelas bolsas grandes de antigamente podem ser resgatadas com louvor.

Assim como a juta e a ráfia, a palha é um material natural e facilmente decomposto se descartada no meio ambiente. Além disso, dura muitos anos, podendo ser reutilizada o tempo todo.

Carrinhos de Feira Dispensam Totalmente Sacolas Plásticas

carrinho de feiraPodem ser encontrados no antigo modelo de metal, dobrável, ou de lona, que são sacolas grandes presas numa armação de alumínio. Além de durarem anos, não são realmente poluentes quando descartadas.

E o melhor: possuem rodinhas, que as tornam ainda mais confortáveis que sacolas com alças na hora de carregar compras de feira ou supermercado.

Sacolas de Papel Pardo

O papel é reciclável e sacolas feitas desse material também são biodegradáveis. Há décadas atrás eram as estrelas dos supermercados, até as de plástico chegarem.

A única desvantagem é que são mais frágeis, podendo rasgar caso carreguem peso demais. Ou quando molhadas.

Caixas de Papelão

Precisa ir à feira ou ao mercado direto do trabalho e não está carregando uma sacola alternativa com você? Quando chegar lá, peça uma caixa de papelão e use-a para transportar os itens até sua casa.

Atualmente algumas empresas estão desenvolvendo caixas de papelão dobráveis.

Ecobags no Lugar de Sacolas Plásticas

Ecobags são fabricadas com tecido, considerado material não poluente. Além disso, não são descartáveis: podem ser utilizadas por muitos anos.

Já o TNT não é considerado realmente biodegradável.

Ele demora mais para de decompor, mas bem mais rapidamente que o plástico. Além de não conseguirem sufocar animais.

Muitas marcas já lançaram as suas: da indústria da moda às lojas de produtos naturais ou cosméticos sustentáveis. Ou seja, além de úteis e sustentáveis elas são socialmente charmosas.

Sacolas Recicladas

Sacolas recicladas possuem o mérito de estar reaproveitando um material não biodegradável. Isso significa que ele se livrou de poluir o meio ambiente.

Elas podem ser feitas de caixinhas de leite, lonas de PVC utilizadas para faixas de anúncios e outdoors e outros materiais. Por isso, não são descartáveis.

Sacolas Plásticas Oxibiodegradáveis

sacolas verdesSão alternativas melhores do que as tradicionais, mas ainda levam petróleo. Quando decompostas, elas preservam partículas de plástico.

Ou seja, ele permanece lá, mas num formato distinto.

A vantagem é que, ainda assim, se degradam bem mais rapidamente, em cerca de 18 meses. E podem ser reutilizadas.