Evite acidentes com animais peçonhentos e plantas tóxicas!

Escrito por

 

Animais peçonhentos são aqueles cujo organismo produz veneno.
Em geral, têm um ferrão com o qual injetam o veneno nas suas vítimas.

São animais peçonhentos as aranhas, os escorpiões e as lacraias.

No Brasil, existem milhares de espécies desses animais. A maioria não oferece perigo ao homem, mas algumas delas podem causar envenenamento.

Exemplos:

Escorpiões: Escorpião amarelo, Escorpião marrom

Aranhas: Armadeira, Aranha marrom

Também podem oferecer perigo: aranha de grama, caranguejeira, viúva-negra, lacraia ou centopéia.

Os acidentes causados por animais peçonhentos podem ser fatais, principalmente para as crianças. Previna-se contra eles

Você pode tomar algumas precauções para evitar acidentes com animais peçonhentos:

Manter limpos quintais e terrenos baldios, não deixando acumular muito entulho e lixo doméstico. Aranhas, escorpiões e lacraias costumam se abrigar embaixo de pedras, tijolos e madeira velha.

Aparar regularmente a grama dos jardins e recolher as folhas caídas.

Vedar soleiras de portas com saquinhos de areia ou risos de borracha; colocar telas nas janelas; vedar ralos de pia; tanque e chão.

Colocar lixo em sacos plásticos, que devem ser mantidos fechados para evitar o aparecimento de baratas, moscas e outros insetos, pois estes são os alimentos prediletos de aranhas e escorpiões.

Examinar roupas, calçados, toalhas e roupas de cama antes de usá-los.

Andar sempre calçado e usar luvas de raspa de couro ao trabalhar com material de construção, lenha, etc.

As serpentes também são animais peçonhentos.

Veja no quadro a seguir as espécies mais comuns no estado de São Paulo.

Nome popular – Características e hábitos – Distribuição

 

coral-cobra2Coral
Coral-venenosa
Coral-verdadeira
Boicorá

Corpo delgado, comprimento médio de 70 a 90 cm, pele brilhante, coloração formada por anéis vermelhos(geralmente mais largos), pretos e brancos ou amarelados; hábitos semi-subterrâneos, vivendo preferencialmente sob folhas, troncos ou galerias no solo;não agressivas, apesar da peçonha altamente tóxica

Urutu 
Urutu-cruzeiro
Cruzeira

Corpo robusto, comprimento médio de 1m; comportamento agressivo(quando irritada, achata o corpo, desferindo botes); hábitos terrestres

JararacaCotiara 
Jararaca-da-barriga-preta

Corpo delgado, comprimento médio de 80 cm; moderadamente agressiva; hábitos terrestres, vivendo nas matas de araucária

Cotiara

Corpo delgado comprimento médio de 80 cm; moderadamente agressiva; hábitos terrestres

Jararaca-ilhoa (restrita à ilha Queimada Grande)

Corpo delgado, comprimento médio de 70 cm; não agressiva; hábitos semi-arborícolas

Cotiarinha

Corpo delgado, comprimento médio de 40 cm; não agressiva, hábitos terrestres, vivendo em áreas abertas

jararacaJararaca

Corpo delgado, comprimento médio de 1m; moderadamente agressiva; hábitos terrestres, podendo também ser encontrada sobre vegetação; responsável pela maioria dos acidentes na área da Grande São Paulo .

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Starr Environmental, Diego3336, cuatrok77, scott.zona, museumdetoulouse, Starr Environmental