Skate: Dicas para Começar a Praticar

Escrito por

Se você está começando a pratica do skate – ou tem vontade -, acompanhe a seguir as melhores dicas para se preparar e não fazer feio nas ruas.

A melhor forma de começar a andar de skate é encontrando uma pista segura para treinar as primeiras manobras. No entanto, nem todo mundo tem uma próxima de casa – e então o jeito é ocupar as ruas da cidade.

Mas não uma rua movimentada, é claro. Prefira vias periféricas, com pouco tráfego de pessoas ou veículos. Praças e parques também podem ser uma boa opção.

Com maior liberdade e espaço para aplicar técnicas, você pode, com o passar do tempo, usar bancos, escadas e corrimãos para fazer flips, giros e combos.
E lembre-se: acessórios como capacete, joelheiras e cotoveleiras são essenciais.

Confira nossas dicas e prepare seu shape de skate para entrar em ação!

Primeiras Noções de Skate

skate remandoDe imediato, saiba que o mais importante é ter noções básicas de como se manter no skate e como parar quando for necessário.

Quanto à postura, existem duas posições: a goofy e a regular. Na primeira você mantém o pé direito na frente do skate. Já a outra o pé esquerdo à frente.

Descubra com qual você se sente mais confortável na hora de movimentar o skate. Nenhuma posição é melhor ou pior do que a outra, então não se preocupe. Instintivamente você vai encontrar a sua!

Antes de aprender uma manobra, é importante saber como se deslocar. Flexione seus joelhos e “reme” o skate com o pé de trás. Uma boa dica é ir em um terreno plano e vazio e praticar bastante.

Faça essa ação o mais rápido possível até que se sinta com total controle do movimento. Lembre-se, o equilíbrio é essencial aqui.

A habilidade do giro tem que ser aprendida antes de fazer manobras mais radicais. Girar no skate é relativamente fácil: tudo que você precisa fazer é transferir seu peso para o pé de trás e aliviar o da frente, virando o corpo na direção que quer ir.
Para cada tamanho de skate, você vai precisar fazer menor ou maior pressão para fazer a rotação.

Tão importante quanto remar ou girar é saber parar. A técnica é fácil e mais básica, consiste em usar o seu pé de trás como um freio. Essa técnica é chamada de footbreak.

Com o tempo você pode pegar técnicas como frear usando a traseira do skate colocando para baixo e através da fricção com o chão fazê-lo parar. Também tem a frenagem chamada de Slide, que consiste em deslizar horizontalmente sobre as rodas, literalmente derrapando.

Manobras Iniciais do Street Skate

mulher skateAgora que você pegou o básico e se sente confiável com o resultado, está na hora de testar algumas manobras.

Sabe aquelas derrapadas que os skatistas fazem em ladeiras? Então, são as tradicionais slides. Existem variações delas, mas falaremos de apenas duas, que são: o backside e o frontside.

A diferença entre elas é basicamente entre estilos que você joga a parte de trás do skate. Se você faz slide de costas, você realiza o backside. Se você faz de frente, realiza o frontside. Esse exercício ajudará você a ter mais controle do skate.

A manobra manual é bem simples – geralmente para completar outras manobras. Nesse caso existem dois tipos de variações: nose manual, em que as rodas traseiras levantam e ficam no ar, e o manual tradicional, que as rodas dianteiras é que parecem flutuar.
Primeiro pegue impulso e mantenha os pés distribuídos nas extremidades do skate e regule o peso nas pernas levantando um dos lados dele.

O ollie, manobra muito tradicional, acontece quando o skatista pula, mantém o pé junto ao shape e aterrissa da mesma forma.

Finalmente o nollie é semelhante ao anterior e fica como desafio aos iniciantes. Aqui, é usado o pé da frente para poder bater o nose do skate e coloque o pé de trás sem trocar de base.

Você vai usar o pé da frente para poder bater o nose e quanto usa o de trás para “pegar” o skate.

Autoria: este artigo foi elaborado pela equipe da Oddz.