Bagagens Especiais em Vôos: Como Proceder

Escrito por

Às vezes aquela viagem tão esperada implica no transporte de bagagens especiais – ou seja, de animais, instrumentos musicais, alguns eletrodomésticos e eletrônicos e até mesmo artigos esportivos de grande porte. Quando essa jornada envolve um vôo em avião comercial, algumas regras incidem sobre elas. Veja a seguir como despachá-las junto às companhias aéreas.

Bagagens especiais possuem procedimentos particulares estabelecidos pelo transportador. Isso tem a ver com suas dimensões, forma de manuseio e características.

Cada empresa determina suas próprias condições e taxas para o transporte de bagagem especial. Todas as informações a respeito delas deverão ser repassadas pela companhia aérea via e-mail ou telefone.

Quem for pegar diversos voos ou fazer conexões também deve confirmar as normas específicas de cada companhia para a transferência da bagagem.

Bagagens Especiais: Transporte de Animais em Vôos Comerciais

bagagens especiaisSempre verifique com as empresas aéreas quais suas políticas de transporte de animais domésticos. Faça isso antes de comprar as passagens porque, dependendo, uma pode ser mais vantajosa que outra.

Dependendo da espécie, porte ou raça do animal, ele poderá ir na cabine com você ou deverá ser despachado para o porão da aeronave. Esses detalhes também definirão se deverá haver o uso de focinheira.

Veja se existem regras de outros órgãos quando for viajar de avião com seu pet. Isso pode se aplicar no caso de viagens internacionais.

Artigos Esportivos e Musicais de Porte Maior São Bagagens Especiais

Artigos esportivos de grande porte, tais como pranchas de surfe, body board e bicicletas são considerados de médio a grande portes. Algumas companhias aéreas já os incluem como taxa regular de bagagem. Outras poderão cobrar taxas extras para transportá-los.

Bicicletas precisam estar acondicionadas num saco ou ou case próprios para ela. Seus pedais precisam ser removidos e embalados. O guidão deve ser preso paralelamente ao quadro e a roda da frente precisa ser retirada e também presa a ele.

bagagens especiaisAlgumas companhias aéreas exigem o esvaziamento dos pneus. Assim como o esvaziamento de alguns tipos de bolas esportivas profissionais.

Pranchas de surfe e bodyboard, skate, esqui e varas de pesca também precisam estar acomodados em embalagens específicas para eles, ou em suas caixas originais.

O mesmo se aplica a tacos de golfe ou hóquei, assim como às suas vestimentas específicas, o que inclui aí o macacão de esgrima.

Instrumentos musicais são outra categoria sobre a qual incidem regras semelhantes. Violões, guitarras, contrabaixos, violinos, violoncelos e outros do tipo precisam estar em cases rígidos. E também podem sofrer com os limites de tamanho e peso de cada empresa aérea.

Eletrônicos e Objetos de Valor em Vôos

Televisores e monitores maiores do que 26 polegadas são considerados bagagem especial. Podem ir no bagageiro do avião, desde que embalados corretamente.

Se qualquer um dos itens mencionados até agora forem enquadrados como valiosos – como uma harpa, por exemplo – é recomendável que se faça uma declaração especial de valor junto ao transportador.

Para isso você deverá preencher um formulário fornecido por ele. Uma via deverá ficar com você. O mesmo se aplica caso você deseje levar um bem cujo valor ultrapasse R$5 mil.

Itens de valor, como dinheiro, joias, computador notebook e papéis negociáveis devem ir com você na bagagem de mão. Se preferir que eles sejam transportados na bagagem despachada, declare à empresa aérea seus valores no próprio check-in.

Assim você terá direito à indenização caso ocorra o extravia ou roubo da sua bagagem.