Escolha o Vaso Certo para Cada Ocasião

Escrito por

O cultivo de plantas em vasos propicia a todos os que apreciam jardinagem a oportunidade de plantar.

Podem ser usados para plantas de exterior e interiores e são encontrados em diversos tipo de materiais, formas e tamanhos.

A escolha pode ser funcional ou decorativa. Veja a seguir alguns exemplo.

Vasos de Cimento para Cultivo de Plantas

vasos concreto cimentoOs mais comuns são encontrados em tamanhos diversos e podem acomodar até pequenas arvoretas e palmeiras.

São pesados e a manobra pode tornar-se complicada quando não estão sobre placas com rodízios.

Devem ser protegidos internamente com tinta asfáltica usada na construção civil para impermeabilizar concretos.

A terra e a água tendem a degradar a estrutura do concreto, diminuindo a duração do recipiente. Além disto, plantas como azaleias, crótons e ixoras que devem ser cultivadas em substrato ácido podem ser prejudicadas se não for feita a proteção da parede do lado interno.

Os vasos podem ser pintados com tintas a óleo, acrílico ou tintas automotivas brilhantes – além de artesanatos diversos.

Cultivo em Vasos de Cerâmica Queimada

Conhecidos como vasos de barro, são porosos e tendem a danificar com o tempo se também não receberam a proteção da tinta asfáltica como os de cimento.

São mais frágeis e podem quebrar com facilidade quando velhos.

Podemos encontrar em diversas formas, tamanhos, em meios vasos para paredes, etc.

Podem receber pinturas e efeitos artesanais, constituindo-se assim e mais um elemento decorativo. As plantas têm bom desenvolvimento neste tipo de recipiente.

Uso de Vasos de Fibra de Coco para Plantas

vaso fibra de cocoAlguns são resinados e têm mais tempo de vida útil.

Podem ser encontrados simples ou pregados em placas para uso em jardins verticais.

Também podem ser usados para plantio de mudas aquáticas que ficam dentro de laguinhos.

São porosos e facilitam a percolação de água de regas ou chuva, mas ainda são muito caros em relação aos de cerâmica que duram mais tempo.

Vasos de Planta em Plástico

Encontrados em diversos tamanhos, formas e cores.

Além dos comuns usados em produção de ornamentais diversas, encontramos também decorados podendo ser usados sem cachepots na decoração de ambientes.

Para uso externo sua vida útil é menor devido à degradação do plástico quando exposto ao sol.

Vasos de Bambu (Bambu Largo e Cachepots)

vaso de bambu

 

Oriundo de artesanatos com a forma cilíndrica, podem ser usados na vertical ou na horizontal.

A dificuldade para encontrar este tipo de recipiente impede que seja acessível e com preço competitivo.

O espaço de cultivo também é limitado a pequenas plantas, hortaliças de pequeno porte e aromáticas condimentares.

Cultivo de Plantas em Vaso de Polietileno

Modernos, várias formas e cores, muito leves, adicionam elegância a espaços internos e externos. No entanto o preço alto que restringe seu consumo.

Vasos de Porcelana a Partir de Objetos Cotidianos

São xícaras, bules e copos, que quase sempre devem ser restritos a pequenas bromélias e plantas suculentas ou cactáceas.

Caso seja feito furos de drenagem, funcionam como vasos comuns.

Mas usando uma base permeável no fundo, como pedriscos preservam as raízes fora da água de rega.

Vasos de Vidro para Plantas

vasos floresPlacas e aquários de vidro funcionam como os recipientes de porcelana.

As placas de vidro devem ter de 4 mm a 6 mm, são cortadas em formas geométricas simples e unidas por silicone.

Formas sofisticadas também são encontradas, com suas paredes unidas por fitas metálicas usadas em vitrais.