Arranjo de Ikebana: Como Fazer

Escrito por

Arranjo floral: Um Ikebana para seu dia de festa!

Decorar a casa é uma tarefa agradável, e embeleza sua festa.

Arranjos florais, no entanto, devem ser feitos no dia do encontro familiar em torno da ceia e da troca de presentes.
As flores e folhagens cortadas têm pouca duração.

Muitas plantas e flores podem ser consideradas para estes arranjos.

Desde rosas até flores do campo, como por exemplo, margaridinhas.

Este ano, no entanto, estou sugerindo um arranjo de flores tropicais para a ornamentação das festas natalinas.

helicônia (Heliconia) é uma planta com flores que lembram Brasil, calor.
A tradição de neve é mais para os países do Hemisfério Norte e devemos seguir nosso clima e apresentar uma decoração mais tropical.

O simbolismo do Ikebana: Céu, Homem e Terra

O tipo de arranjo lembra a disposição da técnica japonesa de nome Ikebana.
Este nome que quer dizer flores vivas começou a ser utilizado por volta do século XVII. Longa história, muito interessante e que pode ser lida em sites sobre o assunto.

Trabalha de forma a definir com linhas representadas pelas plantas, o Céu (haste maior ereta), o Homem (haste secundária) e a Terra (haste menor, em geral 1/3 da haste principal) seguindo a estação e o tempo.

A crença é de que a flor ou ramo colocado de forma perpendicular simbólica propiciava aos deuses um guia para sua instalação.

A delicadeza e a forma na disposição das flores encantam a todos e é muito fácil e simples de fazer.

Para quem aprecia esta arte, sugiro que procure em sua cidade cursos para estudar as diversas formas e tendências de fazer estes arranjos, principalmente para quem trabalha com arranjos florais ou tem empresa do ramo.

Constitui excelente nicho de mercado.

Como fazer um Ikebana

Materiais:

  • Base de ferro com pregos (kenzan)

    ikebana materiais

  • Recipiente que possa conter água, forma à escolha

  • Plantas (flores, folhas), no exemplo helicônias e folhas de dracena

  • Musgo seco, serve para esconder o kensan e diminuir a evaporação da água.

  • Podão ou tesoura de jardinagem

ikebana-kenzan

 

1 -Coloque o kenzan no recipiente.

Coloque água no recipiente de forma a cobrir o kensan e atingir a base da folhagem.

ikebana

 

 

2 – Disponha o ramo maior que representa o céu com uns 15o de inclinação em relação à base.

Prenda nos pregos do kensan de forma bem firme.

Como o peso tende a desequilibrar a planta, colocamos provisoriamente uma pedra para segurar.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Luz Adriana Villa A.