Taboa ou Pau-de-Lagoa (Typha Domingensis)

Escrito por


Nome Botanico: 
Typha domingensis  Pers.

Nomes Populares : Taboa, tabôa, pau-de-lagoa

Família: Pteridophyta – Família Família Typhaceae

Descrição da Taboa

Typha domingensis

Taboa (Typha domingensis)

Herbácea perene e rizomatosa de altura variável até 3,0 metros, caule cilíndrico, folhas laminares e eretas.

A inflorescência é em forma cilíndrica compacta de pequenas flores.

O florescimento ocorre durante o verão.

É espontânea em beiras de lagos e brejos.

Taboa: Modo de Cultivo

Typha domingensisNão há referências para seu cultivo, já que é planta ruderal.

Mas necessita de solo orgânico encharcado, humoso e muito sol.

Seus rizomas são considerados comestíveis com bom teor de carboidratos.

A taboa tem grande crescimento vegetativo e pode representar risco de desequilíbrio abafando plantas do local e diminuindo a área aberta de espelhos d’ água.

Devido à densa ramagem pode propiciar o desenvolvimento de larvas de mosquitos, fator negativo para seu cultivo.

Mas é uma planta que tem grande capacidade de absorver metais pesados podendo servir para limpeza de águas contaminadas em projetos de fitorremediação.

Curiosidade Sobre a Taboa

Uma curiosidade: as inflorescências secas eram usadas para tochas, sendo embebidas em óleo ou gordura.

Também servem de material para ninhos de pássaros.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: [JP] Corrêa Carvalho - يوحنا بولس, wallygrom