Sistemas de Irrigação para Horta e Jardim

Escrito por

Há no mercado diversos sistemas de irrigação, entre tipos de equipamentos e empresas especializadas. No entanto os mais utilizados são o de aspersão e o de gotejamento. Saiba mais a seguir.

Como Funciona a Irrigação por Aspersão

sistemas de irrigação por aspersão

Utiliza equipamentos como bicos aspersores, mangueiras, bombas e controle computadorizado. É necessário um projeto para o dimensionamento e quantidade de material.

Conforme o sistema empregue poderá regar sobre a copa das plantas ou abaixo delas, com vantagens e desvantagens.
Sobre a copa, poderá propiciar o surgimento de doenças fúngicas pelo ambiente úmido criado.
É usado em grandes lavouras e também em fruticultura.

Abaixo da copa, conforme o cultivo o prejuízo está na água que atinge o tronco e ramos, como nas videiras. Isso dificulta o desenvolvimento das gemas.

A irrigação praticada na horta caseira, manualmente, é do tipo aspersão. É recomendável regar apenas o solo.

O Que É Microaspersão

Uma técnica dentro da irrigação por aspersão é microaspersão. Ela ocorre com uma tubulação com bicos aspersores de baixa pressão entre plantas, regando o substrato entre elas.

Mais avançada, esta técnica poderá ter problemas de entupimento dos bicos. Será necessário o uso de filtros para evitar entradas de insetos como aranhas.

Irrigação por Gotejamento

É a técnica que umedece o solo junto da planta, economizando água. No entanto, exige também o uso de mangueiras e bombas, bem como de projeto de dimensionamento de material.

irrigação por gotejamento

A nível de horta caseira é um modo interessante, possibilita o cultivo de hortaliças de ótima qualidade com uso mais racional da água.

A desvantagem deste sistemas de irrigação é que a planta passa a depender exclusivamente do fornecimento, não explorando o solo com suas raízes à busca de água e nutrientes.

Em época de falta de água nos municípios o resultado poderá ser desastroso se não houver reservatório próprio e suficiente para a demanda hídrica.

Sistemas de Fertirrigiação

Para propiciar maior quantidade de nutrientes para uma produção de boa qualidade a técnica de fertirrigação tem sido usada com sucesso em produções comerciais.

Os nutrientes dissolvidos na água são fornecidos para as plantas, como por exemplo em produção de hortaliças e ornamentais em estufas.

Representa um menor custo de insumos e água, embora um gasto considerável inicial com equipamentos e necessita de projeto de dimensionamento do reservatório de água, das mangueiras, bombas, frequência e quantidade de elementos nutricionais.

É recomendável a consultoria e assessoria de um profissional especializado com o setor. Para a horta doméstica o custo elevado de tecnologia e equipamentos inviabiliza o projeto.

Irrigação por Gotejamento Profundo

A irrigação por gotejamento profundo ou subterrâneo traz inúmeras vantagens, principalmente para lavouras como nos cafezais e poderia ser utilizado por jardineiros amadores em suas hortas urbanas.

preparo da canalização da irrigação por gotejamento profundo

Preparo da canalização para a irrigação por gotejamento profundo.

Consiste em enterrar mangueiras a uma profundidade que poderão fornecer água diretamente nas raízes das plantas, economizando líquidos e fertilizantes.
Também requer equipamentos e projetos sobre a área.

Não propicia o aparecimento de doenças fúngicas e o desenvolvimento de inços com esta racionalização do uso da água.

No entanto, trabalhos de capinas poderão cortar as mangueiras. É necessário o conhecimento da cultura para determinar a profundidade que deverão ficar as mangueiras.

Em lavouras extensivas são evitados os trabalhos culturais, aeração do solo e retirada de inços com capinas, usando herbicidas para acabar com a competição das ervas daninhas.

Solução para a horta caseira: com pazinha de jardim e não perfurando demasiado o solo podermos controlar a limpeza de nossos canteiros sem danificar as mangueiras enterradas.
As mangueiras podem ser perfuradas a intervalos, que poderão ser marcados no solo com pedacinhos de bambu, na hora de plantar fazer a cova junto do mesmo, assim haverá água nas raízes.

Método Caseiro Alternativo de Irrigação

Na horta caseira poderemos usar um método simples para cultivar as hortaliças e frutos, com o uso de garrafas PET descartáveis. Furar uma garrafa limpa com um prego aquecido em furos bem pequenos.

rega de jardim com garrafa pet

Quando for preparar o canteiro para cultivo, enterrar no canteiro ao lado de uma muda que se deseja irrigar ou várias a intervalos regulares entre plantas.
Deixar de fora uma parte do gargalo.

Quando necessitar irrigar, aplicar a mangueira de jardim no gargalo e encher a garrafa.
É conveniente manter a tampa evitando entrada de folhas, terra e insetos.

Para adubar a muda, dissolver à parte um colher de sopa de adubo granulado formulação NPK 10-10-10 para folhosas e 4-14-8 para frutos.
Colocar na garrafa e encher com água