Rabo-de-Burro (Sedum morganianum)

Escrito por

Aprenda a cultivar essa espécie de suculenta nativa do México e de grande apelo ornamental. A rabo-de-burro (Sedum Morganianum) dá belas flores e é perfeita para vasos pendentes.

Nome botânico: Sedum morganianum E.W.
Nome popular: rabo-de-burro, dedos-de-moça, arroz-de-rato
Angiospermae – Família Crassulaceae
Origem: México

Descrição

suculenta rabo-de-burroPlanta herbácea perene suculenta de hastes longas que atingem mais de 1,0 m de comprimento. Folhas suculentas em forma de vírgula dispostas ao redor das hastes, com belo efeito ornamental.

Produz flores pequenas avermelhadas que surgem esporadicamente na ponta das hastes, constituindo-se em atração a mais para a decoração.
Pode ser cultivada em todo o país nas regiões de clima ameno a quentes.

Para a Região Sul recomenda-se cultivo protegido durante o inverno, pois não tolera temperaturas muito baixas.

Como Plantar o Rabo-de-Burro

Seu cultivo deve ser feito ao sol com sombras à tarde ou então à meia sombra sob pergolados.

O melhor substrato de cultivo deverá ser uma mistura de húmus de minhoca e areia na proporção de 4:1. O vaso ou jardineira deverá ter os furos de drenagem protegidos por manta acrílica ou pedriscos.

Colocar parte da mistura no fundo e paredes, acomodar os torrões e preencher o restante. Deixar pelo menos 1,5 cm livre na borda do vaso para permitir a rega.

Para regar, colocar água até sair pelo furo de drenagem, depois deixar secar o substrato, antes de nova rega.

Propagação e Mudas do Sedum Morganianum

sedum-morganiamum-2

Para fazer a propagação desta suculenta, com os dedos retirar com cuidado as folhinhas mais velhas, de forma espaçada para que o raminho não fique muito desguarnecido.

Deixar secar algumas horas para formar uma película no corte depois colocar em areia, casca de arroz carbonizada ou perlita com alguma umidade, mantendo em cultivo protegido.

Depois de algum tempo notará a formação de novas folhinhas ao redor, sinal que já enraizou.

Transplantar então para vasinhos com o mesmo tipo de mistura de plantio já recomendado.

Estacas de hastes também poderão ser retiradas e usadas como propagação, com procedimento semelhante.

Paisagismo e Uso Decorativo

Em paisagismo o efeito desta planta é espetacular, com longos cordões em tom de verde claro acinzentado.

Poderá ser consorciada com outras plantas mais altas e coloridas, como os aeônios (Aeonium), tornando o efeito mais interessante quando em jardineiras.