Cuidar das Plantas Faz Bem à Saúde Mental

Escrito por

O que você faz para cuidar da saúde mental? Algumas pessoas praticam esportes, outros passam tempo com amigos e família, há quem costume viajar com frequência. E existe o grupo dos apaixonados por cuidar de plantas. Para eles, fazer jardinagem ou manter uma cantinho verde num apartamento faz muita diferença para obter um humor positivo. Conheça os benefícios dos vegetais para seu bem estar psicológico e surpreenda-se.

Cuidar de plantas é um profundo exercício de paz – ainda mais numa sociedade de ritmo altamente veloz que exige que estejamos atentos a vários estímulos ao mesmo tempo.

Trânsito, trabalho, competitividade, redes sociais… é uma infinidade de estímulos exaustivos que esgotam nosso equilíbrio interior. O que resulta na fragilização da saúde física e mental.

Um estudo mostrou que quem pratica jardinagem durante 30 minutos fica significativamente mais relaxado do que quem passa o mesmo tempo lendo um livro num lugar calmo.

Vale muito a pena entender como esse efeito acontece.

Contato Direto com Matéria e Seres Orgânicos

planta horta

Muita gente já sabe que uma boa forma de se tranquilizar é caminhando descalço num gramado. É como se você descarregasse as irritações na terra e, ao mesmo tempo, recarregasse as baterias.

O contato com a terra durante a jardinagem gera uma resposta ainda mais poderosa. O ato de cuidar de um ser vivo por si só já libera hormônios do afeto no organismo.

A atenção que você passa a ter é involuntária, semelhante ao momento do mindfulness. De repente os problemas são substituídos por uma meditação guiada pelo propósito de cuidar com carinho.

Plantas exigem movimentos precisos na hora da poda e do transplante de vasos. Suas raízes são delicadas e você deve reconhecer sinais de parasitas e doenças.

A própria visita a uma florália para comprar adubo, pedriscos ou uma nova espécie de verdinha já é altamente prazeroso. Arrumar os vasos em terraços, varandas e ambientes internos também.

Decorar com plantas levanta qualquer espaço.

Plantas no Alívio de Problemas Mentais

Essa atenção sem esforço é uma incrível arma contra depressão, ansiedade e até transtorno bipolar.

Um estudo feito na Noruega provou isso. Pacientes com essas perturbações do humor passaram seis horas por semana cuidando de plantas durante três meses.

Ao final do período todos os participantes continuaram com a positividade adquirida durante as atividades de jardinagem. Enquanto os sintomas negativos foram aliviados.

Outro grupo de cientistas concluiu, em estudos com camundongos, que o contato direto com a terra libera mais serotonina, hormônio ligado ao bom humor. Da mesma forma que remédios antidepressivos fazem.

Esses gestos de cuidado com plantas é terapêutico para quem sofre de Alzheimer e reduz o risco do desenvolvimento de demência. Cores, cheiros e sons são ótimos estimulantes do sistema cognitivo.

Bactérias do Bem para a Saúde Mental

Pesquisas sugerem que a dita vida civilizada nos afastou do contato com algumas bactérias que nos fazem bem. Elas estão presentes na terra e melhoram o sistema imunológico, reduzindo desconfortos psicológicos.

Chamam-se Mycobacterium Vaccae e moram no solo. O contato com esses pequenos seres liberam o hormônio ocitocina no nosso organismo. A ocitocina é o hormônio ligado aos cuidados com seres frágeis e à amamentação, por exemplo.

A serotonina, hormônio da felicidade, também é estimulado no contato com a Vaccae.

Esses efeitos podem durar até três semanas na sua saúde mental.

Saúde Mental e o Exercício do Amor

brotoHá quem considere as próprias plantas como de estimação, assim como cães e gatos. Outras conversam com seus jardins como se fossem crianças pequenas.

Tudo isso é sinal de que sim, vegetais estimulam humanos a criar vínculos com eles próprios. Tanto é que, conforme vimos aqui, elas são capazes de nos causar a liberação de substâncias que nos deixam mais satisfeitos.

Ou seja: podem suprir, num grau bastante verdadeiro, algumas de nossas carências emocionais.

Ver a própria semente virar broto e desenrolar folhas novas é empolgante. Um botão de flor que se abre é um pequeno deslumbre. Uma muda que estava doentinha voltando a triunfar é uma vitória.

É sempre a vida se manifestando na plenitude. E quando seu ciclo se encerra, uma lembrança de que tudo é passageiro, nos motivando para aproveitar cada minuto que temos.

Cuidar das plantas recupera nossas almas.