Plantas de Sombra para Espaços de Luz Natural

Escrito por

Como ornamentar recantos que têm pouco sol? Haverá plantas que podem suportar menor luminosidade? Abaixo selecionamos uma lista de plantas de sombra que se adaptam muito bem aos espaços de sombra ou meia sombra.

Vamos considerar espaços do jardim onde não temos sol o dia todo. Podem ser áreas com sombras de muros e paredes durante a tarde, sombra coada por folhagens, arbustos e árvores.

A escolha de espécies para o jardim deve passar, claro, pelo conhecimento de plantas. Isto possibilita realizar um projeto com excelente visual, jogando com cores de folhagens, textura de folhas e flores, pois isto é possível.

Plantas de Sombra e Meia Sombra até 1 Metro de Altura

Vamos escolher as plantas com altura até um metro, quando o jardim é o espaço de corredores ou entradas de edifícios, por exemplo. Afinal, a impressão de confinamento com uma “selva” alta não será agradável.
Para a altura que desejamos há muitas plantas possíveis de utilizar no projeto. Selecionamos algumas:

Phalaris arundinacea ‘Picta’

Popularmente conhecida como grama-de-fita ou grama-de-canario, ou ainda junco-de-canario.

Uma planta com aparência de bambu, de folhas variegadas de creme e altura até 1,0 m. Como tem crescimento a partir de rizomas, será interessante destinar todo um canteiro para ela, que preencherá bem os espaços. Ideal inclusive para áreas de maior umidade no solo.

Hosta, Hosta, Lírio-da-Folha-Ondulada

hosta

Uma herbácea rizomatosa de folhas variegadas de creme, que forma densas touceiras, com pendão floral delicado, composto de flores brancas.

Tanacetum vulgare, Tanaceto

Outros nomes populares: catinga-de-mulata, erva-de-São-Marcos.

Uma herbácea de folhas finamente pinadas e flores amarelas, considerada também medicinal. Sua altura fica em torno de 0,90 m, podendo ser podada para controlar a altura.

Aspidistra elatior, Aspidistra

Aspidistra é uma herbácea rizomatosa de folhas largas verdes, apresentando por vezes listras de cor creme. Sua altura fica no máximo com 0,60 e necessita de pouca manutenção. Pode ser cultivada em jardineiras e vasos.

Costus erythrophyllus, Costus-Sanguíneo

Costus_erythrophyllusUma herbácea de altura até 0,80 m, de folhas carnosas presas a hastes acobreadas e flores rosadas terminais.

Para renques ao longo de muros, protegidas do frio e com solo levemente úmido fará, sem dúvida, bela ornamentação para o espaço.

Impatiens walleriana

A conhecida maria-sem-vergonha também é conhecida como balsamina ou beijos. Altura em torno de 0,50 m, folhas delicadas, flores em vários tons do branco à púrpura, para áreas com muita luz natural ou sol coado por folhagens.

Sua manutenção é pouca, mas é preciso substituir as mudas periodicamente. Também para jardineiras e vasos.

Agapanthus africanus, Agapanto

Agapanthus-BabyUma conhecida e apreciada herbácea de folhas longas e pendões florais de 0,60 m, o Agapanto tem flores azuis ou brancas.

A área de cultivo pode ter muito sol ou com sombras à tarde propiciada por vegetação mais alta.

O florescimento é na primavera até o verão, um espetáculo para quem aprecia suas flores.

Clivia miniata, a Clívia

De altura até 0,50 m, folhas rígidas e inflorescência laranja.O florescimento da Clívia ocorre na primavera, principalmente. Quando as paredes são claras, o canteiro desta planta causa um efeito espetacular.

Curculigo capitulata, Curculigo ou Capim-Palmeira

O curculigo é uma herbácea rizomatosa, entouceirada, pode crescer até 1,0 m de altura. As flores são amarelas surgindo na base da planta e são um adendo à ornamentação. As folhas parecem frisadas e o efeito é muito bonito.

Ideal para renques ao longo de muros, podendo receber algum sol durante o dia, mas se desenvolve bem em áreas sombreadas.

Caladium lindenii, Tinhorão, Yantia, Tanior

caladiumUma herbácea da família das Aráceas, com altura em torno de 0,50 m, folhas cordadas com nervuras creme, muito ornamental.

O Caladium possui inflorescências brancas que são em forma de espádice, podendo passar desapercebidas.

Ideal para jardineiras de entradas de edifícios e vasos. Recomendamos para regiões de temperaturas amenas a quente.

Conclusão

Esta seleção é apenas uma amostra do que podemos utilizar em projetos. A quantidade de espécies adaptadas para áreas de meia sombra e sombra são quase infinitas e variam muito de região para região.

Pela seleção também é possível ver que podemos ter plantas floríferas na sombra, propiciando uma ornamentação com variedade de cor de folhagens, texturas e cor.