Paisagismo para muros de pedras e blocos de concreto

Escrito por

É feliz proprietário de um muro de pedras? Ou construiu um patamar com uma mureta de pedras de alicerce para aumentar seu jardim? Ótimo, há um espaço a mais no jardim para a ornamentação com plantas, possibilitando um jardim vertical mais natural.
Se você tem ou planeja construir um muro de pedra saiba que ele pode ser mais uma área para ter plantas e cultivar um verde.

Pedras de alicerce não têm arestas iguais, sempre há um corte que não ficou reto.
Na junção das fieiras desencontradas, há sempre espaços vazios.
Em vez de cimentar tudo, deixe algumas reentrâncias sem nada.

São nestes pequenos buracos que poderá introduzir plantinhas. A aparência será bem natural quando todas as plantas estiverem ambientadas, crescendo e florescendo.

Blocos de concreto de contenção próprios para plantar – o muro-flor

muro flor
Uma opção bem interessante para jardins pequenos é o uso de módulos de concreto, conhecidos como muro-flor.
São empilháveis e têm um espaço interno onde é possível colocar substrato e cultivar desde pequenas hortaliças até ornamentais.

São de cimento e deverão receber proteção de duas demãos de tinta asfáltica, que é um impermeabilizante para concreto, usado em engenharia civil.
Assim, o concreto ficará protegido do substrato e do adubo, evitando manchas e degradação.

Existem em diferentes formatos e podem ser comprados em lojas de material de construção.

Como plantar nos muros de arrimo

Para o muro de pedras recém feito, será preciso alguns dias para a cura do cimento, evitando a queima das raízes e folhas.
Os buracos deverão ser limpos de resíduos de cimento, se possível passe um jato de água leve.
É a etapa inicial para plantar.

A porção de substrato que vem com o torrão de muda recém adquirida, nem sempre será suficiente.
Prepare num balde composto orgânico e húmus de minhoca, na proporção de 3:1.
Retire a muda do saquinho ou vaso e acomode o torrão no espaço entre as pedras, preencha com um pouco da mistura preparada.
Uma colher de sopa ou de café ajudará na introdução da terra.

Aperte de leve para que as chuvas não levem embora o substrato muito solto.
Regue com um regador ou uma garrafa PET de água com furos na tampa. Assim não desplantará a muda.

Como plantar no muro-flor

O muro flor que recebeu tinta asfáltica também deverá ter um tempo de cura para a evaporação dos elementos voláteis do material que poderiam queimar as mudas.
Cerca de três a quatro dias serão suficientes.

plantas em muros de pedra ou blocos de concreto

No muro-flor, o substrato deverá ter composto orgânico de textura grosseira, com pedacinhos de ramos e não usar areia, somente composto orgânico e húmus de minhoca, na proporção de 2:1.
Isso porque a areia esquenta ao sol e acaba por tornar o substrato inóspito para as raízes.

Proceda como se estivesse plantando num vaso comum.
Pode colocar uma ou mais mudas da mesma planta e até fazer combinações de herbáceas eretas e pendentes.

Quais plantas escolher para muros e blocos de muro-flor

Se o muro estiver ao sol e sua residência estiver em região muito quente no verão, a opção são plantas resistentes ao sol e à seca.
Se colocarmos plantas xerófitas, como as suculentas, estará certo.

Plantas para muros resistentes ao sol e ao calor

Entre elas podemos citar a rosinha-de-sol (Aptenia cordifolia), o cacto-margarida (Lampranthus productus), ambas de flores rosa.
Lindas flores amarelas, laranjas, rosa e brancas são da onze-horas ou beldroega (Portulaca oleracea).
Todas herbáceas rasteiras, então no muro de pedras ficarão pendentes, com efeito lindo de um tapete colorido.

plantas para muros de pedra

Onze horas (portulaca grandiflora) em muro de pedra

Mas não são somente suculentas, existem muitas outras plantas também resistentes ao sol e calor irradiado das pedras que poderemos colocar.
Entre elas a falsa-érica (Cuphea gracilis), uma nativa de folhas pequenas e flores miúdas em rosa ou branco e a barleria-vermelha (Barleria repens) de lindas flores tubulares em vermelho vivo.

O cravinho-do-mato (Tillandsia spp.), cultivado ou daqueles encontrados presos a ramos de árvores também pode ser utilizado. Produz pequenas flores azuis.

Folhagens que podem ser plantadas junto a muros

Folhagens decorativas também podem fazer parte deste espaço, como a espadinha (Sanseveria trifasciata ‘Hahnii), a barba-de-serpente (Liriope muscari), o aspargo-rabo-de-gato (Asparagus densiflorus ‘Myersii’) e o clorofito (Chlorophytum comosum).

Plantas para muros e muro-flor com sol da manhã

Se as pedras estão em local onde o sol incide somente de manhã ou não bate muito sol durante o dia, suas opções aumentam.
Entre as floríferas temos o cigarro-aceso (Cuphea ígnea), de flores vermelhas tubulares e a semânia (Gloxinia sylvatica), de folhas verdes estreitas e flores tubulares laranja com a garganta amarela, muito decorativas.

Uma planta muito conhecida e que ficará ótima também é a mini-impatiens (Impatiens walleriana var.Nana). Poderá se espalhar por qualquer porção de solo entre as pedras.
Encontramos as flores de cor branca, laranja, rosa e variegadas que causarão um efeito muito bonito no conjunto.

As folhagens pequenas pendentes ou não são excelente adição, tais como por exemplo a planta-carijó (Chamaeranthesmum venosum) de folhas verde escuras e nervuras brancas e a hera-roxa (Hemigraphis alternata), de folhas verdes e rosa. É excelente opção, pois se desenvolve ao longo da parede de pedras ou pendem no muro-flor. As de folhagem decorativa são infinitas.

Poderá, inclusive cultivar plantas de sombra, como avencas (Adianthum spp) e a linda samambaia-prata (Pteris cretica).

Dicas para o paisagismo do muro de pedra ou de concreto

plantas para muros de arrimo

O paisagismo de muros de pedras e muro-flor devem ter combinações de folhagens verdes com variegadas e plantas floríferas para que fique natural.

Evitar plantas exuberantes demais, de crescimento vigoroso, pois a base de substrato poderá não fixar suas raízes, acabando por despencar, o que poderá danificar plantas adjacentes.

Menos é mais, adicionar aos poucos para ir decorando devagar e apreciando os resultados.