Ninféia (Nymphaea)

Escrito por

Nome botanico:  Nymphaea caerulea Savigny

Nomes Populares:   Ninfeia

Família:   Família Nymphaeaceae

Origem:   Originária da África do Sul

Descrição:

Planta herbácea perene, aquática semi-flutuante, com folhas arredondadas com recorte na base, verdes, coriáceas e brilhantes que ficam na superfície do espelho d’ água e os pecíolos permanecem submersos.

As flores são vistosas de cor rosada e surgem durante o final da primavera até o verão.

Em regiões frias as folhas costumam desaparecer no inverno.
Pode ser cultivada com sucesso em todas as regiões do país, especialmente nas regiões de maior calor.

Modo de cultivo :

Ninféias

Uma parte desta planta costuma ficar no lodo do fundo do lago, assim que os laguinhos devem ter uma profundidade em torno de 50 a 70 cm.

A propagação é feita por divisão dos tubérculos que podem ser cortados e colocados para reprodução em recipientes com água e areia.

As flores produzem frutos muito ornamentais cujas sementes por vezes são viáveis, podendo ser reproduzidas também por este meio.

Uso decorativo e Paisagismo:

Ninféia Branca (Nymphaea occidentalis)

Ninféia branca

É uma das plantas aquáticas mais bonitas que existem.

Algumas plantas parecidas com ela são a ninféia branca (Nymphaea alba), o lótus (Nelumbo nucifera) de flores belíssimas e folhas acima da linha d’ água, e a nossa vitória-régia (Victoria amazonica), nativa da Amazônia, com suas flores grandes na cor rosa e suas folhas enormes e deslumbrantes.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Everknew, mauroguanandi, mauroguanandi