Como Montar uma Horta Orgânica em Casa

Escrito por

Uma das formas mais fáceis de compreender a beleza (e até mesmo a facilidade) do cultivo orgânico está em montar uma horta orgânica em casa. Ela pode ser organizada em pequenos vasos ou até mesmo em jardineiras. Veja a seguir como fazer a sua.

Os Princípios da Produção Orgânica

O processo de cultivo orgânico exige alguns cuidados por parte de seu produtor. Principalmente relacionado ao combate de doenças e à nutrição do solo.

Enquanto o produtor convencional se apoia em agrotóxicos e produtos químicos para eliminar pragas e doenças, o agricultor orgânico deve buscar métodos naturais, como o uso de composto orgânico e inseticidas naturais feitos com plantas consideradas repelentes.
Além disso, muitos agricultores optam pelo método de cultivo integrado, onde diversas plantas são cultivadas em um mesmo meio. Isso cria um micro ecossistema onde há menor incidência de insetos ou doenças.

hortaPara a adubação do solo, é preciso recorrer aos biofertilizantes e matéria orgânica rica em determinados substratos. A casca de ovo é um dos produtos mais utilizados na agricultura orgânica para repor o cálcio ausente no solo. Sendo assim, o produtor deve recorrer aos métodos complementares.
Em caso de uso de adubo, é importante que o mesmo venha de uma criação também orgânica, erradicando todo e qualquer contato com agroquímicos.

A plantação orgânica é considerada mais simples. São necessários apenas alguns cuidados com a nutrição do solo e a aplicação de métodos orgânicos para o combate de determinados insetos.

Para hortas menores ou cultivos em apartamentos, é possível produzir inseticidas orgânicos com alho, cebola e até mesmo pimenta para repelir insetos e manter as plantas saudáveis sem a interferência química.

Horta Orgânica: Defina Espécies e Descubra o Melhor Modo de Plantar

horta legumes vasosPrimeiramente é necessário analisar o espaço disponível e o tipo de planta que deseja cultivar no modo orgânico.

Em apartamentos ou casas com pouco espaço, é recomendado o cultivo em vasos ou através de jardins verticais. Casas maiores e que possuem um quintal podem abrigar uma horta de chão repleta de variedades.

As hortas em vasos são excelentes para cultivar ervas medicinais, temperos ou flores. Além de não ocuparem tanto espaço, complementam na decoração do ambiente.
Já as hortas maiores permitem o cultivo de vegetais maiores e até mesmo de algumas árvores frutíferas, como a pitaya e alguns tomateiros.

Entre os estudos realizados sobre a agricultura orgânica, foi proposto um modelo de horta de 1mx1m que, quando organizado e harmonizado, consegue oferecer alimento suficiente para uma pessoa durante 30 dias.

Atenção ao Ambiente da Horta

Contudo, é importante ficar atento às necessidades de cada planta, visto que as mesmas não possuem o apoio dos agroquímicos.

Escolher um local com incidência de sol por algumas horas no dia, ou à meia-sombra, pode ser uma estratégia eficaz para não ter de transportar os vasos pela casa ao longo do dia.

Para quem mora em apartamentos, o uso da sacada facilita a absorção de luz solar e protege as plantas do vento. Mas é preciso estar sempre atento às chuvas fortes.
As plantas mais delicadas, como temperos, podem permanecer dentro de casa. Elas receberão luz através da janela e serão irrigada sempre que necessário com borrifadores ou pequenas quantidades de água para não encharcar o solo.

O segredo para saber a hora de irrigar está na observação do solo. Quando o mesmo se encontrar macio ao pressionar, mas não deixa nenhuma sujeira, significa que está na hora de irrigar. Esse macete vale tanto para hortas de chão quanto para as hortas em vasos.

Por Onde Começar a Montar Uma Horta Orgânica?

Thiago Tadeu é o autor deste artigo

Assim como qualquer outra atividade, o cultivo de plantas orgânicas exige tempo e dedicação. Portanto, recomenda-se começar com uma ou duas pequenas plantas, colocadas em vasos diferentes.

Os temperos tendem a crescer rapidamente, apresentando resultados logo no primeiro mês e incentivando o cuidado diários. Caso goste de alecrim, salsinha, manjericão ou até mesmo hortelã, comece com um pequeno vaso e observe o crescimento.

Uma vez dominado o cultivo de plantas pequenas, é possível montar hortas em jardineiras ou em vasos maiores. Assim, poderá mesclar diferentes espécies e até mesmo plantar legumes e vegetais.
Eles tendem a ocupar um pouco mais de espaço devido ao crescimento relevante de suas folhas.

Com o tempo, será possível detectar pequenos problemas, como o surgimento de algumas ervas daninhas ou até mesmo a presença de alguma praga em sua plantação. Basta ficar atento às folhas e ao caule da planta regularmente.

As hortas orgânicas exigem cuidados apenas com a presença de pragas. Esse processo pode ser feito manualmente com a retirada de folhas doentes ou com o uso de inseticidas naturais.

Estar em contato com a natureza diariamente e poder experienciar o desenvolvimento de uma planta garante alívio do estresse, tranquilidade e a oportunidade de viver uma nova experiência.
Após compreender a verdadeira importância dos alimentos orgânicos em nosso dia a dia, o comprometimento (e o tamanho da horta) só tende a aumentar.

Autoria: Thiago Tadeu Campos é especialista em Agricultura Orgânica e Consultor Master em Produção Orgânica na ImGrower. Um de seus hobbies favoritos é compartilhar conhecimento em seu próprio blog, que tem como missão fornecer conteúdo prático, atualizado e de qualidade sobre produção de alimentos orgânicos e cultivo protegido.