Lâmia manchada (Lamium maculatum)

Escrito por

Nome Botanico: Lamium maculatum

Nomes Populares : Planta-alumínio, lamium, lâmia-manchada

Família : Angiospermae – Família Lamiaceae

Origem: Europa

Descrição:

lamium-florPlanta herbácea perene, rasteira de altura em torno de 40 cm bastante ramificada.

Os talos são quadrangulares, característicos da família, finos na cor avermelhada.

As folhas são ovais cordiformes, verde-prateado de bordas verdes, muito ornamentais.

As flores são na cor rosa, em espigas eretas, constituindo-se numa atração a mais para ornamentação.

Floresce na primavera até o verão. Pode ser cultivada em todo o país, principalmente em regiões de clima mais ameno a frio.

Modo de Cultivo:

Local ao sol em substrato leve, poroso e com boa fertilidade.

– Plantio no solo:
Para plantar preparar o canteiro limpando a terra dos inços e plantas fenecidas.

Adicionar composto orgânico o quanto necessário, misturando com adubo animal de curral bem curtido, cerca de 3 kg/m2.

Plantar as mudas, abrindo uma cova do tamanho do torrão, acomodando a planta e aconchegando a terra ao redor, apertando de leve para fixar.
Regar depois todo o canteiro.

Para forrações, plantar com espaçamento de 20 cm entre plantas, desencontrando as linhas com a mesma medida.

– Plantio em vasos:
Também pode ser cultivada em vasos como pendentes, para áreas abertas ensolaradas e muros vegetados.

O vaso deverá ser leve, de plástico, pois ficará pendurado por correntes.
Colocar um pedaço de geomanta no fundo do vaso.

Misturar adubo animal de curral bem curtido com composto orgânico e areia, na proporção de 1:4:1.

Colocar parte no vaso, acomodar o torrão com cuidado e preencher as laterais com a mistura descrita acima.
Regar após.

Para jardins verticais, utilizar meio-vasos de plástico, pois esta planta precisa de substrato para se desenvolver.
Fixar o vaso em ganchos presos com buchas na parede do muro ou edificação.

A adubação de reposição poderá ser feita no ano seguinte ao do plantio, utilizando adubo granulado NPK formulação 10-10-10, cerca de duas colheres de sopa da medida que vem com a caixa de adubo.

Colocar o granulado em garrafa PT de 2 litros, adicionar um pouco de água e sacudir para dissolver o adubo.

Acrescentar mais água até completar os 2 litros.

Regar a muda com 1 a 2 copos da mistura, sem atingir as folhas.

Um dia antes regar a muda, para que haja um bulbo úmido junto das raízes.
Ao colocar a água com adubo este atingirá as raízes mais facilmente.

Propagação do lamium:

Para fazer mudas de lamium basta retirar pequenos ramos de 12 a 15 cm, enterrando em areia, perlita ou casca de arroz carbonizada.

Manter o substrato úmido, podendo cobrir com plástico transparente para evitar a perda por evaporação.

Deixar em cultivo protegido até o enraizamento, que pode levar de 1 a 3 semanas.

Quando notar que a planta começa a se desenvolver, transplantar para vasos ou sacos de cultivo com a mesma mistura usada para plantio.

Regar bem e manter em cultivo protegido até a comercialização ou para levar para canteiro.

Paisagismo e uso decorativo:

lamium-paisagismoO lamium é excelente cobertura vegetal para áreas sem pisoteio.

Também para composição com cicas e palmeiras em canteiros ensolarados onde dará uma nota especial com sua folhagem prateada.
Em muros vegetados a cor das folhas forma belo contraste com folhagens verdes, orquídeas e bromélias.

Como tem folhagem frágil se desaconselha seu uso quando o muro ou parede estiver sujeito a ventos fortes.

Em vasos poderá compor acabamento com outras plantas, lembrando sempre que tem característica de alastrar-se, por isto o vaso deverá ser alto para que ele possa cair graciosamente ao redor.