Soluções para Jardins Internos sem Sol

Escrito por

 

Jardins internos sem sol acontecem com a exposição sul ou mesmo quando parte dele tem sombra de muros altos ou edificações próximas.

Isto também acontece com o que chamamos de jardins de inverno.

Aquele que tem o privilégio de ter esta situação nem sempre fica feliz, pois a grande maioria das plantas aprecia sol, mesmo que somente por parte do dia.

Muitas são as consultas, os plantios errôneos para este tipo de espaço. Grandes decepções, inclusive, na tentativa de cultivar plantas de sol num ambiente sombreado.

Mas quando digo privilégio, quero dizer isto mesmo, sem ironias. O jardim de sombra é muito bonito, criativo e também colorido.

Possibilita a criação de ambientes com caráter particular, recantos íntimos e de meditação.

Plantas de Sombra de Maior Porte

As plantas destinadas aos espaços sem sol direto são inúmeras e mencionarei apenas algumas para mostrar que podemos fazer deste nosso espaço um cantinho agradável para o repouso da vida urbana agitada.

maranta-tigrinaComeçando pelas plantas de maior porte, uma que fica excelente em maciços junto a muros, em vasos ou mesmo no centro de um canteiro é a calatéia-zebra (Calathea zebrina) de folhas grandes, largas e listradas de verde bem escuro.

Suas flores são roxas e muito ornamentais.

De mesma família, a maranta-tigrina (Calathea tigrina), tem suas folhas mais finas, verde-escuras com um desenho em verde mais claro, formando belo efeito junto a paredes claras.

Outra planta de grande efeito ornamental num jardim é a afelandra (Aphelandra squarrosa), com inflorescência amarela e folhas em verde-escuro com linhas prateadas nas nervuras.

Analise a Luminosidade do Espaço para Plantar

Ao estabelecermos um recanto do jardim devemos levar em conta a luminosidade.

Sem sol direto pode parecer que todo o espaço tem a mesma quantidade de luz, o que não é correto.

Paredes e muros de cor branca ou creme refletem a luz.

O uso de cor intensa, como marrons e outras cores consideradas mais modernas para as edificações poderão escurecer demais o espaço já sem sol.

A escolha adequada de um tom mais claro ajudará neste aspecto. Plantas de jardins sem sol são na maioria verdes.

Plantas de Semi-Sombra Coloridas

Mas temos algumas surpresas boas, algumas são coloridas e preferem ser cultivadas sem sol.

coleusÉ o caso do coleus (Solenostemon), de folhagem surpreendente e de fácil cultivo.
Sua mistura com plantas de folhagem somente verde o fará destacar-se, acrescentando notas vivas de cor.

Uma planta da mesma família da afelandra e que também é adequada ao cultivo sem sol é o camarão-rosa (Justicia scheidweleri), de pequeno porte que também pode ser cultivado em floreiras e vasos.

Suas flores em espigas rosas lembram o camarão vermelho, planta da mesma família. Elas atraem principalmente beija-flores, o que será uma atração extra para o jardim.

Plantas de Bordadura ou Forrações de Sombra

Para quem deseja fazer um canteiro e não um jardim de vasos, o uso de bordaduras ou mesmo forrações será possível, existem muitas plantas que se adaptam a estas condições.

A flor-canhota (Scaevola emula) é uma herbácea rasteira de folhagem clara e flores de formato em leque, nas cores branca, rosa e lavanda, ficando excelentes para complementar canteiros de dracenas de sombra, como a deremensis (Dracaena deremensis) ou as cordilines (Cordyline), que podem atingir boa altura e ornamentar espaços junto a muros e paredes.

Para lugares onde a folhagem necessita apenas de cobertura verde sem flores é recomendável a maranta rasteira (Marantha leuconera), que produz pequenas flores brancas que iluminam o espaço sem comprometer as cores usadas no paisagismo.