Identificando Alimentos Orgânicos

Original: https://www.fazfacil.com.br/jardim/identificando-alimentos-organicos/ Escrito por

Buscamos cada vez mais nos alimentar de forma saudável e sustentável. Por isso os mercados tem ampliado suas áreas de frutas, verduras e legumes produzidos sem agrotóxicos, mais respeitosa com os seres humanos e com o meio ambiente. Aprenda a identificar os alimentos orgânicos e opte por eles.

Durante muitas décadas valorizamos a praticidade na alimentação diária. Alimentos processados, industrializados, condimentados e modificados geneticamente para garantir um preparo mais rápido, maior saciedade e um sabor mais intenso.

O processo de produção de alimentos em massa pode nos oferecer diversas vantagens em um primeiro momento. Contudo, as consequências geradas pelo excesso de química foram altas o bastante para termos de repensar no conceito de alimentação.

Vantagens dos Alimentos Orgânicos

alimentos coraçãoAo falar de alimentação orgânica não se fala, necessariamente, de uma dieta ou do corte de determinados alimentos. Na verdade, ela aponta para um processo diário de escolha pelo produto mais saudável.

E o produto mais saudável deve, necessariamente, ter sido produzido desde o início respeitando as normas de produção sustentável.

Os alimentos orgânicos são mais nutritivos que seus concorrentes industrializados, pois se desenvolvem de forma natural e sem nenhuma influência química.
Outro ponto forte é que as taxas de sódio são menores entre salgados e produtos orgânicos previamente preparados.

Além de tudo isso, em geral alimentos orgânicos são ofertados por produtores de pequeno ou médio porte. Comprá-los é valorizar e fortalecer esses agricultores.

Como Identificar Produtos Orgânicos

Para saber quais produtos são realmente orgânicos, basta procurar pelo selo orgânico em suas embalagens. Diversas marcas já estão disponibilizando versões orgânicas certificadas de produtos como salgadinhos e biscoitos.
Isso garante a qualidade do produto e quantidades reduzidas de sódio, açúcar e gordura em sua composição.

Em feiras livres, é recomendado verificar a certificação do produtor para ter certeza de que seus produtos são realmente orgânicos.
O selo verde encontrado nas embalagens para indicar a organicidade dos alimentos pode variar em três esferas: nacional, internacional para o mercado europeu e internacional para o mercado norte-americano.

alimentos supermercado

O produtor que desejar receber o selo de orgânico deve submeter não apenas o produto final para avaliação, como também seu espaço de plantio e os métodos utilizados no combate de pragas e doenças.

Cada produto possui uma lista de indicações a serem seguidas, e os alimentos de origem animal, como carnes, leites e ovos, exigem maior atenção do produtor. Isso porque a certificação leva em consideração os alimentos consumidos por esses animais.

Para um mel ser orgânico, por exemplo, as colmeias devem estar posicionadas há cerca de 3km de fazendas que utilizem quaisquer tipos de produtos químicos e protegidas por mata virgem.

São detalhes cuidadosos que projetam um enorme impacto positivo no meio ambiente e na saúde dos consumidores. Uma produção respeitosa só faz bem.

Já pensou em fazer parte disso? Em breve ensinaremos a fazer sua própria horta orgânica em casa.

Autoria: Thiago Tadeu Campos é especialista em Agricultura Orgânica e Consultor Master em Produção Orgânica na ImGrower. Um de seus hobbies favoritos é compartilhar conhecimento em seu próprio blog, que tem como missão fornecer conteúdo prático, atualizado e de qualidade sobre produção de alimentos orgânicos e cultivo protegido.