Adubação do gramado

Escrito por

 

 

Adubação do gramado para manutenção !

A grama necessita de luz, água e nutrientes.

Os elementos de nutrição estão presentes nos adubos de formulação NPK que vêm com micronutrientes.

Os chamados macro nutrientes são nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e enxofre e os  micronutrientes: ferro, zinco, boro, molibdênio, manganês, cobre e cloro.

Nitrogênio, fósforo e potássio são fundamentais para um gramado saudável

Um gramado bem verde necessita de nitrogênio em maior quantidade para que fique bem verdinho. Na falta deste as folhas começam a apresentar amarelecimento.

Aplicação de adubos nitrogenados em excesso, no entanto, propiciam folhas longas e sem estrutura, o que poderá apresentar corte irregular.

Além disto, tanto a falta como o excesso tornam a grama suscetível a ataques de pragas e doenças.

Outros nutrientes de grande importância são o fósforo e o potássio.

O primeiro estimula as raízes, portanto maior quantidade de solo a ser explorado e maior resistência à seca.

O segundo por atuar na estrutura foliar dá maior resistência para o pisoteio, a pragas, frios intensos e doenças.

Todos os demais são também importantes em quantidades menores, daí a importância de usarmos uma mistura pronta como o granulado NPK, existem em várias marcas nas lojas especializadas.

Doses de reforço de uréia

gramaMuitos acham  que o gramado necessita somente de uréia, que tem 45% de nitrogênio.

Seu uso exclusivo não deve ser praticado para não desequilibrar os nutrientes, mas as doses de reforço são necessárias, principalmente no verão ou em regiões de clima quente onde a grama cresce rapidamente e o corte é frequente.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: U(v)a|r, jmenard48, warrenski, Matt McGee