Como plantar a grama azul – festuca glauca

Escrito por

A grama azul ou capim azul é uma herbácea muito requisitada por paisagistas pelo efeito azul de sua touceira.
É uma planta resistente à seca, adaptável a áreas litorâneas e própria também para decorar encostas.

Nome botânico: Festuca glauca Jussieu
Sin. Festucaria Fabr., Helleria E. Fourn., Leucopoa Griseb., entre muitas outras
Nome popular: grama-azul, capim-azul, festuca-azul
Angiospermae – Família Poaceae
Origem: Sudoeste da França, Europa e Ásia

Descrição da Grama Azul ou Festuca Azul

grama azul festuca glauca

A grama azul é uma planta herbácea entouceirada de vida em torno de 2 a 3 anos.
Ela apresenta um formato geral de domo e sua altura varia em torno de 20 a 30 cm de altura, com cerca de 25 cm de diâmetro.

Suas folhas são filiformes com 20 cm de comprimento e se destaca pela cor azul acinzentadas.
As flores em espigas surgem de mesma cor passando para um tom de areia claro quando maduras.

A floração ocorre durante o verão e são um atrativo a mais para ornamentação.

Pode ser cultivada no país em climas secos, de temperatura amena a quente.

Como plantar a grama azul

A festuca glauca aprecia locais ensolarados, solo bem drenado e de textura mais arenosa.

Pode ser cultivada no litoral com sucesso.

Ao comprar, escolha mudas bem formadas, para preencher melhor os espaços.

Para bordadura de canteiros use o espaçamento de 30 cm entre mudas numa linha.
Por outro lado, se for usar a grama azul como forração use espaçamento de 25 a 30 cm, desencontrando as linhas para aparência mais uniforme.

A melhor época de plantio é no verão ou outono, quando as mudas têm mais folhagem.

Para plantio em linhas, pode abrir covas individuais.
Coloque no fundo e nas laterais composto orgânico o quanto seja necessário com adubo granulado NPK formulação 10-10-10, cerca de 200 gramas para um balde de 60 litros ou carrinho de jardim cheio de composto.
Misture bem.

Coloque uma parte no fundo do buraco acomode a muda e preencha as laterais.

grama azul como cobertura

Grama azul como cobertura

Quando o plantio for para cobertura, pode preparar o canteiro, destorroando e retirando inços.
Em seguida, coloque o composto orgânico com o adubo, espalhando e incorporando, o que facilita plantar.
Regue a seguir.

Se o solo for muito argiloso e pesado será conveniente a adição de uma pouco de areia de construção para torna-lo permeável.
Coloque uma lata destas de leite cheia de areia para um balde de composto.

A manutenção consiste na retirada das folhas fenecidas e dos pendões florais, caso deseje.
Isto porque, a emissão de flores poderá tornar as folhas mais feias. Ao mesmo tempo faz com que durante a floração, a energia da planta passa a ser dirigida para a produção de sementes.

Mudas e propagação da grama azul

A propagação é feita por sementes ou separação de touceiras.

Para a coleta de sementes, escolha algumas plantas para deixar a ocorrer a floração.

Colha as sementes já secas, de tarde e após vários dias sem chuva, para evitar o apodrecimento pela umidade.

Semeie em caixotes com areia e terra de canteiro misturadas e levemente úmidas.
Deixe em local abrigado do sol e da chuva até que as mudas tenham pelo menos 10 cm de altura.
É quando poderão ser colocadas em recipientes individuais, como vasos ou sacos de cultivo.

Para o transplante use a mesma mistura recomendada para plantio.

Uso paisagístico ou decorativo

grama azul em vaso

Não foram encontradas toxidez das folhas e flores para animais domésticos.

A grama azul é um capim muito ornamental.

Em paisagismo o capim azul, pela cor de sua folhagem, propicia um efeito muito interessante com plantas somente verdes.

Como alternativa, também pode se usar o capim azul ao redor de palmeiras, ou ainda como bordaduras de canteiro e forrações.

Como é uma planta resistente à seca, poderá fazer parte de conjunto de cactáceas e suculentas de maior porte, o que dará ao conjunto um efeito surpreendente.