Como Comprar Plantas Saudáveis

Escrito por

Quando visitamos um horto ou floricultura nos deparamos com muitas plantas lindas, folhagens e flores. E é muito frustrante constatar que, uma vez em casa, elas começam a apresentar problemas. Veja a seguir como comprar plantas saudáveis, identificando de antemão possíveis doenças.

Escolhemos plantas encantadoras e as trazemos para casa, incorporando ao jardim ou coleção de vasos. Achamos que estão saudáveis e que não teremos problemas.

Mas muitas vezes a planta desenvolve manchas necrosadas nos caules e folhas, as flores caem ainda em botão, necrosadas. Também podem surgir a presença de insetos. Culpamos a empresa que nos vendeu as mudas, mas muitas vezes ela não é responsável por isto.

Pragas de viveiro podem ocorrer, com insetos escondidos ou na forma de ovos, não fáceis de detectar. Fungos e vírus ainda em fase inicial não fornecem pistas muito visíveis para quem não tem os olhos treinados.
A planta fica pouco tempo no comércio varejista e não apresenta amostra de problemas.

Escolhendo a Planta: Aprenda a Procurar por Sinais de Doenças

Antes de levar uma muda nova para casa, verifique sinais de doenças. Depois de se encantar com a muda e pensar onde colocar em casa, vamos olhar bem se está saudável.

Escolher não só a de melhor aparência mas também sem amostras visíveis de doenças,que são: pintas escuras, folhas necrosadas, talos com manchas.

Notar que não estamos comentando sobre plantas que têm normalmente manchas e colorações diferentes. Estamos procurando o que é não é comum na planta.

Insetos Comuns que Infestam as Plantas

cochonilhas

Cochonilhas

Olhar nas nervuras e embaixo das folhas, detectando se não há pequenos pontos, muitas vezes ainda verdes.

São cochonilhas na fase inicial e podem determinar não só o fracasso no cultivo da muda se não houver tratamento, mas também a disseminação pelo jardim desta praga.

Algumas plantas, como o buxo (Buxus sempervirens) são atacadas por tripes, um tipo de inseto tão pequeno quanto um pontinho feito com lápis.

Extremamente voraz, suga as folhas nas nervuras e se esconde sob a página sendo difícil de ver.

Plantas com Folhas Amareladas: Procure Saber a Causa

Não adquirir plantas com folhas amareladas ou ramos secando sem causa aparente: elas podem determinar também presença de insetos, como ácaros e nematoides.

Lembrar que sintomas de amarelecimento de folhas também pode ser falta de nutrientes, mostrando que a muda não foi bem alimentada no viveiro de produção.

Uma observação: na época do inverno muitas plantas ficam com a folhagem amarelada, que acabam por cair, sendo trocada por novas folhas na primavera, como é o caso da gardênia (Gardenia jasminoides).

Informar-se junto ao vendedor para não cometer enganos.

Mudas de Plantas com Manchas Podem Indicar Fungos

vaso plantas

Se a muda estiver atacada com manchas pode ser sintoma de doença fúngica, tais como manchas avermelhadas pode ser ataque de ferrugem, quase impossível de tratar, a não ser com o uso de defensivos.

Manchas pretas que saem nas mãos podem ser fumagina, um fungo que se desenvolve sobre a seiva da planta expelida pelas cochonilhas.

Procurar pelos insetos e também pela presença de formigas, que fazem a consorciação com a cochonilha.

Evite Comprar Mudas Mal Formadas

vaso plantaTenha cuidado com mudas mal formadas, com ramos quebrados, partes secas, raízes expostas, troncos rachados: esses são sintomas de mau manejo, falta de água e longo tempo para comercialização.

Muito provável as raízes estarem torcidas dentro do recipiente, sofrendo grande estresse no transplante.

Problemas mais Comuns em Mudas de Cactos ou Suculentas

Problemas que podemos detectar em cactos e suculentas. Presença de cochonilhas, folhas amareladas ou com partes meio transparentes podem significar excesso de regas. Ou doenças fúngicas que levarão ao apodrecimento.

Cladódios dos cactos com manchas marrons, que tanto podem significar necrosamento por fungos como regas ao sol.

Observar se são somente partes da muda ou na base. Se as manchas ocorrerem na base, as regas foram excessivas e a planta estará apodrecendo.

Como Fazer um Espaço de Quarentena para Plantas

Quando adquirimos uma muda de planta, principalmente orquídeas, e plantas de vaso em cultivo coletivo, o melhor é deixar a muda de quarentena.

Orquídeas normalmente temos em ripados. A introdução de novo exemplar poderá causar um grande problema com a proliferação de doenças, devido ao menor espaçamento entre indivíduos.

O local de quarentena para mudas em geral pode ser um ripado de 1,0 m x 2,0 m com com proteção de cobertura de tela tipo sombrite a 60%, abrigado do vento. O solo deve ser mantido limpo, cimentado ou com brita fina. Evitar plantas daninhas que poderão ser atrativas a insetos.

Para plantas de folhagem sensível, como begônias e violetas, poderá haver uma parte com telhas, evitando a chuva nas folhas. Prateleiras para vasos e arame ou ferro de construção fixos para a colocação de ganchos para os vasos pendentes.

O manejo do espaço de quarentena deverá ser vistoriado constantemente para controlar a sanidade das mudas.

pulgao

Pulgão

A vigilância deverá detectar a presença de lesmas, pulgões, formigas e cochonilhas. Por isso devem ser usados venenos de plantas como o chá de alamanda ou óleo de nim para controle.

Tempo para aguardar: de cinco a 15 dias para plantas de vaso. Para orquídeas, até um mês.

Mudas de cactáceas ou suculentas em vasos individuais provavelmente não terão problema. Mas no plantio coletivo todas devem estar bem saudáveis.

Plantas em saquinhos, para canteiros e cobertura vegetal não necessitam de quarentena.