Como colher sementes de flores

Escrito por

Vamos aprender aqui como colher sementes de flores e quando.
As flores no jardim são sempre um encanto e uma excelente ideia para ornamentação dos espaços. Podemos gastar muito a cada ano com novas mudas. Que tal colher as sementes para posterior semeadura e economizar um pouco?

Os diferentes tipos de sementes

O jardim está bonito, cheio de flores, algumas já começam a fenecer.
Será hora de colher? Como fazer?
Em primeiro lugar temos que avaliar o tipo de semente produzida.

Algumas espécies não têm sementes viáveis, mas na grande maioria poderão ser aproveitadas para as estações do ano seguinte.

É preciso levar em conta, que as plantas desenvolveram diferentes sistemas de dispersão das sementes.
Caso estas caíssem junto da planta matriz haveria grande competição por luz, água e nutrientes.

Desta forma, diversos mecanismos foram desenvolvidos para que as sementes caíssem longe do pé que a produziu.
E, consequentemente, iremos encontrar os mais diferentes formatos de sementes.

balsamina, impatiens

Flor balsamina, impatiens, maria-sem-vergonha

Existem sementes aladas, com aletas ou penugem facilmente levada pelo vento, como sementes de gramíneas.

Outras possuem pequenas garras que se prendem aos pelos de animais que transitam perto e até na roupa do jardineiro, como o pega-pega (Desmodium).

Há também os frutos que explodem, como as vagens dos feijões e outras leguminosas e também a balsamina (Impatiens spp.).

Pode-se plantar sementes de flores híbridas?

Quando adquirimos mudas de plantas híbridas, como a petúnia híbrida (Petunia x hybrida), é preciso saber que a hibridização é feita com duas plantas diferentes.
Além disto, elas podem ter flores de coloração contrastante, formato diferente, resistência às doenças ou outras características desejáveis.

Em função disto, a possibilidade de obtenção de indivíduos com uma ou outra característica será de 50%, no mínimo.
A flor resultante em geral não se parecerá com a qual se obteve as sementes.

Além do que, com todas plantas floríferas ocorre o casamento de pólen de outras flores, realizado por insetos.
Resultando em frutos com sementes que darão origem a filhos, que podem ou não serem semelhantes a planta-matriz.

No caso, por exemplo, do coleus (Solenostemum) é fácil de obter folhas diferenciadas da planta-mãe por semeadura, sendo um dos atrativos desta planta.

Como colher as sementes de flores

coleta de sementes de flores

Para colher sementes de flores, escolha um dia seco e, de preferência, em uma semana sem chuvas nos dias anteriores.

Prepare vários saquinhos de papel e separe cada coleta de espécie, anotando o nome da planta, a cor da flor e a data de coleta.

Se tiver muitas flores da mesma espécie, mas de cor diferente e deseja fazer posteriormente um canteiro ou vaso de cor uniforme, utilizar sacos diferenciados.

Ao mesmo tempo, tenha sempre em mente que poderá ter muitas sementes de flores de uma cor e algumas de outras, devido ao casamento feito pelos insetos.
Armazene tudo numa caixa de papelão.
As caixas de sapatos são ótimas para isto.

Como colher sementes de flor dependendo das espécies

Como algumas plantas têm flores que tendem a derrubar as sementes, como saber a hora de colher sem que se perca a maioria?

O primeiro passo é observar o tipo de flor.
Sementes de anuais podem deixar cair facilmente as sementes e para conseguir capturá-las vamos usar um pequeno saco de papel ou plástico.

Colhendo sementes de margaridas e girassois

como colher semente de flores
Margaridas em geral, dentre as quais pertence o girassol (Helianthus), têm numerosos frutos com semente.

A melhor forma de proceder, é colher os capítulos já quase secos e deixar sobre papel toalha.
Quando estiverem secos, facilmente obterá os frutinhos secos com sementes dentro.

Neste ponto, selecione as que estão bem formadas e guarde.

Sementes pequenas e numerosas de flores como as papoulas, boca-de-leão e amores-perfeitos

As papoulas (Papaver spp.) e as bocas-de-leão (Anthirrinum majus) desenvolvem estruturas delicadas que contêm sementes pretas minúsculas e numerosas.

Para as papoulas, escolher flores bem formadas e, se possível, retirar as pétalas da flor sem danificar o centro onde estão as sementes.
Introduzir a cabeça já quase seca no saquinho até o pedúnculo, amarrando com cordão de algodão sem apertar muito.

Em lugares com chuva o plástico funciona melhor.

Por outro lado, as flores tais como as Bocas-de-leão formam uma cabeça seca de formato diferente.
Esta cabeça fica repleta de sementes pretas e minúsculas.

Assim que as pétalas começarem a fenecer, coloque o saquinho de papel.

sementes de amor-perfeito
Amores-perfeitos (Viola tricolor) formam pequenas cápsulas delicadas.
É possível enxergar as sementes.

Quando notar que começam a mudar a cor para marrom, proceda da mesma forma, pois tende a abrir-se, dispersando as sementes.

Flores que desenvolvem frutos, vagens ou espigas de sementes

Para flores que desenvolvem frutos secos, como a alamanda-amarela (Allamanda cathártica) ou carnosos como o marmelinho-de-jardim (Chaenomeles), colher após a maturação.
Extrair as sementes, deixar alguns dias sobre papel e armazenar.

Plantas com vagens, como ervilhas de cheiro (Lathyrus odoratus) devem ser colhidas assim que notar que a vagem começa a secar.
Dê uma batida leve numa das vagens, se abrir, as sementes estarão prontas para coleta.
Coloque sobre papel toalha até a secagem depois guardar para o próximo ano.

capim do texas - [enn isetum

Gramíneas ornamentais, como o capim-do-texas (Pennisetum spp.) produzem longas espigas.

Coletar quando maduras, colocar sobre papel, deixando fora do sol e deixar secar alguns dias.
Depois, com os dedos será fácil retirar as sementes.

Pode passar por peneira, para selecionar as sementes e retirar os resíduos.

Colhendo sementes de cactáceas e plantas suculentas

Cactáceas e plantas suculentas também podem ter sementes viáveis.

Os cactos têm sementes muito pequenas e podem tornar-se inviáveis se ficarem guardadas.
Para saber se estão prontas para serem plantadas, basta observar as sementes.
Sua cor quando maduras muda para marrom claro.
Colher e realizar logo a semeadura, pois perdem logo a capacidade de germinação.

Já, as suculentas, também apresentam vários tipos de sementes.
Em geral, são pequenas cápsulas como nas onze-horas (Portulacas spp.), cujas sementes são minúsculas.
Guardar em conjunto com outras ou separar por cor. Colher e colocar sobre papel.