Canto de Meditação no Jardim

Escrito por

A meditação faz parte de diversas filosofias. Muitas pessoas a praticam, sentindo-se muito bem. O lugar para meditar pode ser dentro de uma sala ou ao ar livre. Que tal meditação no jardim? A seguir damos dicas sobre como montar esse cantinho especial.

Para um recanto fora de casa deve-se levar em conta que haverá ruídos de trânsito, vizinhos, pássaros, animais domésticos. Isolamento acústico, impossível.

Visitantes inesperados, como beija-flores e insetos, podem distrair a mente do seu foco. Portanto, avalie se realmente é uma boa ideia.

Em caso positivo, acompanhe nossas recomendações e aproveite!

Como Tornar seu Canto de Meditação menos Distrativo

laguinho carpas jardimExistem alguns truques para tornar um lugar de meditação ao ar livre menos distrativo. Eles vão permitir sua concentração sem que se perca o visual paisagístico.

Estruturas que imitem paredes podem exercer a função de limites e ajudar a esquecer o entorno atrativo. Podemos usar plantas simples com folhagem apenas verde.
Elas podem produzir flores, claro. Há todo um planejamento de beleza da paisagem, mas suas cores devem ser em tons suaves.

Flores perfumadas também, os perfumes são etéreos, fugazes e ajudam a elevar o pensamento.

O barulhinho das águas de um lago podem ser altamente relaxantes.

Um Canto de Meditação em Porto Alegre

Numa residência de lazer da família, à beira do Rio Guaíba, próximo a Porto Alegre, planejei um recanto assim para clientes. Foi traçado e executado um pergolado rústico, acompanhando as demais estruturas planejadas do jardim.

pergolado baguáO pergolado foi feito de troncos, e a forma escolhida foi a do baguá. O chão recebeu uma camada de areia, dormentes e tijolos. Sem cimentos. Uma cinta de concreto, no entanto, foi necessária para apoio e sustentação. Também escolhi a cor branca para a penta.

As plantas planejadas foram a petreia (Petrea subserrata), lavandas (Lavandula dentata), penta (Penta) e bambu-mossô (Phyllostachis pubescens).

O perfume do jasmim pela manhã e no final de tarde, ao pôr-do-sol, invade o espaço no final da primavera. Nesta época, nos estados mais ao sul do país, estar ao ar livre de forma estática, como na meditação, já não produz arrepios de frio.

A pétrea e a lavanda dão a nota de cor com seus tons de azuis tão delicados. O leve perfume não chega a perturbar, nem a cor das flores afasta a concentração. Tornou-se um agradável recanto na propriedade.

Nosso país é muito grande e as flores nomeadas não podem ser cultivadas em todos os lugares. Então sugiro outras combinações que podem ser usadas para que todos possam planejar seu cantinho de meditação, qualquer que seja as coordenadas.

Arranjos de Plantas Baseadas na Cor Branca

Se a cor escolhida para o jardim da meditação for a branca, poderemos fazer uma combinação de folhagens e flores que fiquem harmoniosas. Permitirão que o local tenha elegância e não fique monótono.
Experimente usar bancos pintados ou mesmo na cor de madeira, apenas protegidos contra a intempérie.

evonimo

Evônimo

Arbustos de folhagem variegada de branco são adequados para o preenchimento dos espaços, como o evônimo  e o laurotino ou viburno(Viburnum tinus), que enfeita canteiros junto aos muros e mesmo fazem uma cerca-viva para privacidade.

Locais mais sombreados também podem ser ornamentados, sugiro a dracena-confeti (Dracaena godseffiana) e a dracena de sombra (Dracaena deremensis).

Não há regras a estabelecer de fazer um maciço de plantas, mas um acabamento dos canteiros com plantas singelas dá um efeito muito interessante e sugiro aglaonema (Aglaonema), a barba-de-serpente (Ophiopogon jaburan) e a falsa-hortelã (Plectranthus coleoides).

Plantas que têm florescimento atrativo e podem ser cultivadas sem problemas em todo o país, tais como a alpínia (Alpinia zerumbet), a moréia (Dietes bicolor) e a ixora-branca (Ixora chinensis ‘Alba’) podem fornecer as flores, delicadas e que iluminam o local com sua cor.

Azul ou Violeta para Transmitir Tranquilidade

A cor azul transmite tranquilidade. Mas deve ser usada para efeito, pois é intimista e pode deprimir.

Plantas de flores azuis sempre são apreciadas, principalmente as que têm leve tom violeta. É o caso das lavandas (Lavandula dentata)ajuga  e o manacá (Brunfelsia uniflora).

Muitas outras poderemos encontrar em tons de azul. Uma visita aos estabelecimentos do ramo é sempre um grande prazer. Escolher as plantas, trazer para casa as novas amigas, acomodá-las no lugar planejado.
Depois, sentar-se e apreciar.

A meditação ficará muito difícil neste momento, abstrair-se do belo ao seu redor. Mas depois, quando estiver acostumado, virá de forma tranquila.

Um belo jardim, seja qual for o objetivo, sempre faz a gente se sentir bem.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: anemoneprojectors (getting through the backlog), Drew Avery, rodtuk, photogirl7.1