Baunilha (Vanilla planifolia)

Escrito por

Nome Técnico: Vanilla planifolia Andr. Sin.: Vanilla fragrans (Salis)
Nomes Populares: Baunilha
Família: Angiospermae – Família Orchidaceae
Origem: Sul do México até a Bolívia

Descrição:

Orquídea de folhas rígidas verdes quase sésseis, lanceoladas e agudas no ápice, carnosas, que saem de nós no caule flexível.

As flores são pequenas, amarelo pálido e se reúnem em inflorescência tipo racemo.

O fruto é uma cápsula cor amarela pálida que escurecem até marrom bem escuro quando maduras e abrem-se em válvulas longitudinais. Numerosas sementes bem pequenas cor marrom escuro perfumadas.

Modo de Cultivo:

Aprecia climas com temperaturas diurnas e noturnas entre 20 e 30ºC, em clima úmido e abaixo de 800m, com chuvas regulares ao longo do ano e umidade de 80%.

O local de cultivo deve ser à meia sombra para não queimar as folhas e é costume usar a produção consorciada com plantas mais altas, usando-se estacas no chão para que a orquídea ali se desenvolva.

O substrato de cultivo deve ser poroso e bem drenado, com muita matéria orgânica, proveniente de composto orgânico de folhas onde foi adicionado adubo animal de curral bem curtido, acrescentando areia para que a mistura fique de textura grosseira, facilitando a drenagem.

Uso culinário

A baunilha é, na verdade, as sementes mais a mucilagem em torno delas, apreciada no mundo inteiro para fabrico de doces e pastelaria.
Seu custo é alto e similares químicos costumam aproximar o cheiro e sabor da verdadeira baunilha e são bem mais acessíveis.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: acfou, cliff1066™