Vasos de Aromáticas para Apartamento

Escrito por

 

Plantas aromáticas para chás ou condimentos são sempre apreciadas.

Como Cultivar Vasos de Aromáticas

Para cultivar as mudas é necessária a exposição ao sol pelo menos algumas horas por dia, para o desenvolvimento dos elementos químicos responsáveis pelo odor e sabor que apreciamos.

Não é necessário ter um solo de canteiro: seu cultivo em vasos é possível, principalmente para ervas – misturadas ou somente um tipo por recipiente.

Isto possibilita o cultivo em sacadas, varandas e até próximo a janelas.

Como Escolher o Vaso Certo para suas Ervas

vasos ervasA altura do vaso deverá ser proporcional à muda.

O manjericão, por exemplo, atinge boa altura, em torno de um metro; então o recipiente melhor é um vaso com 35 a 40 cm de altura, que dará não só uma boa quantidade de substrato mas também algum peso para evitar tombamentos.

Já a manjerona é rasteira, assumindo também a forma pendente. O melhor é plantar com outra aromática mais alta e deixá-la na borda.

Cultivos coletivos com variedade de ervas deverão ter a disposição da planta mais alta no meio com as restantes descendo até à borda, evitando sombreamentos.

Sugestão de Vaso com Diferentes Aromáticas

Que tal um vaso de aromáticas que permitirá o uso das folhas e frutos para condimentar suas pizzas? Salsa, manjericão de folhas verdes e cor de vinho, sálvia, alecrim, pimenta e tomilho.

vaso ervasAqui usamos dois recipientes: um vaso maior com 40 cm de largura e outro menor com 15 cm.

Colocar pedras no fundo, uma camada fina de areia de construção e manta acrílica ou geomanta.

Em cima, usar uma mistura de composto orgânico, húmus de minhoca e areia na proporção de 3:1:1, não colocando até à borda, pois necessitará de espaço para os torrões das mudas.

Reservar um pouco da mistura para o vaso menor.

Antes de iniciar o plantio, colocar o vaso menor, compactando o espaço destinado para ele no centro do vaso maior.

Iniciar o plantio pelas plantas no vaso maior, dispondo harmoniosamente ao redor. Acomodar as mudas, preenchendo com mais substrato e deixando pelo menos 1 cm de altura até à borda para não derramar as águas das regas.

Terminar plantando a muda de pimenta no vaso menor.

Regar a seguir e deixar alguns dias à sombra; em seguida, levar para local onde receberão sol.

Para manutenção, regar regularmente, sem excessos. Testar o solo com os dedos: se estiver úmido, não regar.

Para vasos grandes, usar base com rodízios para facilitar a limpeza do piso.

E pronto! Os temperos para suas pizzas e pãezinhos com ervas está disponível para uso.

Periodicamente terá de haver a reposição de mudas, já que a constante retirada de folhas acabará por esgotar a planta.