Antúrio (Anthurium andreanum)

Escrito por

Saiba mais sobre o antúrio, uma flor muito resistente que, sendo nativa da América do Sul, aprecia a meia-sombra e a claridade. É uma espécie de baixa manutenção e sua aparência exótica é muito ornamental.

Nome botanico: Anthurium andreanum Linden
Nomes Populares:  Anturio
Família:  Família Araceae
Origem:  Originária da América do Sul

Descrição

Planta herbácea de altura em torno de 1,0 m, não ramificada, com caule tortuoso e curto de onde partem raízes fortes e carnosas mesmo fora do solo.

As folhas são grandes, cerca de 0,40 m, em forma de coração, cor verde-clara, brilhantes, inseridas no caule em espiral com longo pecíolo.

As flores são em forma de espádice, isto é, com uma coluna carnosa ereta ou retorcida de flores masculinas e femininas separadas por uma faixa de flores estéreis, que é protegida por uma bráctea aberta colorida.

anturios

As cores são branca, rosa claro, rosa escuro, verde, laranja, vermelha e roxa. Floresce durante o ano todo, principalmente no verão. Pode ser cultivada no país todo.

Como Plantar o Antúrio

O solo deve ser rico em matéria orgânica, com textura grosseira e bem drenado. Pode ser plantado em canteiros ou em recipientes como vasos e jardineiras.

Para canteiros, abrir um buraco maior que o torrão da planta. Colocar areia no fundo. Misturar num balde esterco de curral bem curtido, areia e composto orgânico, na proporção de 1:1: 3.

Acrescentar adubo granulado do tipo NPK formulação 10-10-10, cerca de 100 gramas. Colocar no fundo do buraco, colocar o torrão e preencher os vãos com a mistura. Regar bem.

Plantio do Antúrio em Vasos ou Jardineiras

anturio vermelhoPara vasos ou jardineiras, proteger o interior do recipiente com um impermeabilizador asfáltico e deixar secar alguns dias para evaporação do material.

Proteger o fundo do recipiente com brita, geomanta ou cascalho fino, para garantir a drenagem das regas.

Colocar areia de construção sobre a proteção e parte da mistura descrita acima. Acondicionar o torrão com a planta e preencher o restante com a mistura.
Regar e deixar em cultivo protegido e longe do sol.

Propagação e Manutenção do Antúrio

Para fazer a propagação desta planta cortar um pedaço do caule, onde haja raízes e plantar. A separação de touceiras também é outro modo de obter mudas, pois inúmeros filhotes nascem junto à matriz.

As sementes também podem ser outro método viável de reprodução desta planta, podendo conseguir assim combinações de cores diferentes dos espádices devido à polinização cruzada.

Esta planta é uma excelente opção para jardins onde não haja muito sol, propiciando as cores alegre de suas inflorescências. É simples de cuidar, bastando colocar duas vezes por ano, na primavera e no outono 1 colher de sopa de adubo granulado do tipo NPK de formulação 4-14-8 dissolvido em 1 litro de água.

Um dia antes regar bem a terra do recipiente ou ao redor do canteiro. Colocar a água com o adubo ao redor da muda sem atingir o caule da planta. O bulbo de umidade ao redor das raízes formado no dia anterior levará os nutrientes mais facilmente para as plantas.

Paisagismo e Uso Decorativo


Em paisagismo o antúrio-de-flor poderá ser usado em jardineiras na entrada de condomínios ou empresas, sem custos de manutenção, desde que as condições de luminosidade estejam adequadas.

Pode ser plantado em grandes vasos, com espádices de mesma cor, para formar uma grande touceira. Quando no jardim há maciços de árvores e arbustos já de alguma altura, embaixo deles dificilmente poderemos cultivar plantas exigentes em luminosidade.
Nestes casos, o antúrio fará a ornamentação, com a cor das flores e a forma diferente de suas folhas largas e em forma de coração.

Antúrios também são maravilhosos em vasos com água – sozinhos ou com outras espécies de flores, em formato de arranjo. E também podem ser usados para purificar o ar.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Vitor Pamplona