Aloe sabão (Aloe saponaria)

Escrito por

Nome Técnico: Aloe saponaria Haworth
Nomes Populares : Aloe-sabão
Família : Família Aspholedaceae
Origem: África do Sul, Zimbabwe

Descrição

 

Planta herbácea xerófita, de folhas suculentas, altura até 30 cm.

Aloe saponariaAs folhas são pintalgadas de verde bem claro em roseta basal com espinhos nas margens, mais largas na base e pontiagudas no ápice.

Costuma florescer no e as flores são rosadas em pendão fino bem acima da planta.

Pode ser cultivada em todo o país, principalmente em regiões mais secas e com clima quente.

Em regiões de invernos frios poderá apresentar grande sensibilidade em temperaturas próximas a 00C, mas com a chegada do calor recupera-se rapidamente.

Modo de Cultivo

Necessita de sol para que suas folhas tenham maior suculência e aparência, mas seu cultivo à meia sombra também pode ser feito com sucesso.

É tolerante à seca, mas suas folhas começam a perder a turgidez e secar. Será conveniente manter um sistema de regas regulares.

Aloe saponariaPode ser cultivado em canteiros ou vasos, em substrato de pH um mais elevado, em torno de 5,8 a 7,0.

Usar húmus de minhoca na cova de plantio ou vaso, adicionado cama de galinheiro, cerca de 200 gramas por muda.

Incorporar também areia se o solo de cultivo for muito argiloso.

Abrir uma cova maior que o torrão.

A planta em geral vem em potes de cultivo. cortar o pote com o podão evitando danificar as raízes.

Acomodar a planta no buraco e aconchegar a terra, apertando de leve.

Pelo fato de ter espinhos, não esquecer que a proteção das mãos deve ser com luvas especiais, as de tricô ou plástico comum não são o suficiente.

Após o plantio, regar.

Para fazer a reposição de nutrientes, uma vez ao ano colocar adubo granulado misturado a húmus de minhoca, cerca de 100 gramas por muda de tamanho médio.

Incorporar ao solo de cultivo ao redor da planta, regando a seguir.

Para fazer a propagação deste aloe-sabão poderemos utilizar os filhotes que surgem junto à planta-mãe.

Retirar com cuidado e plantar em substrato semelhante ao que recomendo para plantio, em recipientes de tamanho adequado, podendo usar materiais descartáveis como garrafas PET cortadas e furadas no  fundo.

O substrato para propagação melhor é a areia misturada com terra comum de canteiro. Manter este substrato úmido para que a planta logo se aclimate.

Deixar em cultivo protegido até poder levar para o canteiro.

Paisagismo ou Uso Decorativo da Aloe Sabão

Este aloe é pouco usado em paisagismo e deveria ser mais utilizado, pois tem pequeno porte.

Além disto pode fazer combinações com outras suculentas de maior porte e também compor vasos com cactáceas.

 

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: hortulus, hortulus