Vidro com Miçangas

Escrito por

10. Coloque-as em um potinho ou uma saboneteira como a da foto, e derrame-as com cuidado sobre a tinta incolor, de modo que as que caírem sejam aparadas pelo recipiente sob o vidro.

Obs.: na falta de um potinho para derramar as miçangas, você também pode fazer uma “calha” com uma folha de papel.

11. Com um palito de churrasco, empurre cuidadosamente as miçangas que ficaram fora do lugar ou amontoadas sobre as outras, enquanto a tinta ainda está úmida.
Use o palito também para colocar miçangas nos pontos que ficaram descobertos.

Não se esqueça de deixar o vidro secar DEITADO, senão a tinta e as miçangas vão escorrer.
Por essa mesma razão, não se pode aplicar esta técnica num vidro redondo.

12. Aplique tinta dimensional incolor nos cantos do vidro.

Coloque miçangas neles também.

13. Enfeite os cantos do vidro com tinta dimensional.

14. Segure o vidro pelo gargalo e pinte com a tinta vitral azul.

Obs.: ao tirar o pincel de dentro do vidro de tinta vitral, limpe-o sempre, pressionando as cerdas contra o gargalo, para evitar excesso de tinta.

Use um pincel mais fino para pintar perto da tinta dimensional aplicada nos cantos, de modo a não sujar os enfeites.

15. Retoque com a tinta dimensional metálica o coração e cantoneiras, se sujarem.

Se quiser, faça mais alguns enfeites, como este lacinho.

16. Pinte a tampa com azul ftalocianina, aplicando duas demãos na lateral.

17. Tampe o vidro.
Pegue a passamanaria e vá colando na lateral da tampa com cola quente, começando atrás, pela ponta.

Ao chegar ao outro lado, curve a passamanaria e faça outra fila, desta vez em cima.

Obs.: não adianta usar cola branca ou mesmo Super Bonder: eles não pegam bem no plástico pintado.

Resultado final

Vidro-micangas

Cheio de balas ou pequenos sabonetes, é um lindo presente para suas amigas.
Experimente também essa técnica com vidros de perfume.