Como Fazer Pintura Gestual em Tecidos

Escrito por

A pintura gestual é realizada com o mínimo de pinceladas – mas elas devem ser bem precisas. Esta técnica decora vidros, telas, madeiras e outros materiais. A seguir, mostramos como fazer pintura gestual em tecidos.

O estilo artesanal gestual é muito característico: seus principais sujeitos são flores, frutas e animais. É uma pintura feita basicamente para decorar objetos, tais como pratos, relógios, caixas e outros.

No Brasil, o estado de Minas Gerais desponta como um grande produtor desse estilo de técnica artesanal. No entanto, outros países possuem formas próprias de desenvolvê-lo, como é o caso da pintura nórdica europeia.

Imagine pintar, com a técnica gestual, lenços, toalhas de mesa, guardanapos, frisos de toalhas, aventais e paninhos de prato para a sua casa. Se os seus convidados elogiarem, cogite criar linhas de produtos para dar de presente ou vender.

Acompanhe nossas dicas e comece hoje mesmo.

Preparativos para a Pintura Gestual em Tecido

pintando gestualEm primeiro lugar, escolha a peça de tecido que você deseja pintar. Ele deve estar limpo e totalmente liso, sem dobras ou amassados.

Então, com a ajuda de um pincel, passe cola permanente sobre as bordas de uma tela comum de pintura.
Espere quinze minutos para secar parcialmente.

Em seguida, estique o tecido sobre a tela e faça-o aderir à cola. É assim que ele permanecerá no lugar durante a pintura.

Se você quiser fazer a estampa diretamente sobre o tecido, poderá passar para o próximo capítulo. Contudo, caso deseje criar um fundo colorido, passe uma camada de tinta incolor para tecidos sobre a superfície. Use um pincel achatado número 20.

Isso vai garantir que a tinta utilizada para cor do fundo fique bem uniforme, sem manchas e numa tonalidade mais esmaecida, ideal para deixar a pintura principal em destaque.

Tire o excesso de tinta incolor do pincel, mas não o lave. Mergulhe-o assim mesmo na cor pretendida e apenas então colora a área que recebeu o tratamento incolor.

Pintando Tecidos com a Técnica Gestual

pintura gestual 1Quase sempre o sujeito da pintura gestual é feito com um único pincel embebido em dois diferentes tons de tinta – cada um de um lado. Isso se chama dupla carga.

Na hora de passar o pincel na superfície, a cor secundária interfere de leve na outra. Detalhes da imagem podem ser feita no tom não principal.

Por exemplo: num pincel com tinta roxa de um lado e branca no outro, com a roxa você poderá desenhar, com gestos firmes, precisos e sinuosos, uma tulipa. A base da tulipa poderá ser feita com pinceladas do lado branco. Isso, em si, já caracteriza a pintura gestual.

É claro que o grau de complexidade da pintura aumenta conforme a sua prática, mas desde o início já é possível chegar a bons resultados.

É muito importante não economizar na tinta. As camadas devem ser bem pesadas. O resultado final precisa ser bem expressivo.

Tinta muito excessiva não deve ser retirada do pincel. É preferível corrigir o excesso do desenho com mais pinceladas, até que a tinta se acomode melhor.

Detalhes como bolinhas feitas com um pinta-bolinhas cheio de tinta dão um charme extra ao desenho. Sinais como um jogo da velha (ou hashtag, se preferir) de linhas curvadas também são típicas.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: Fermentando Arte