Extratos glicólicos … como podem ser feitos, propriedades

Escrito por

Extratos glicólicos …

Os extratos glicólicos são obtidos por processo de maceração, infusão ou percolação de uma erva em um solvente hidroglicólico, podendo ser este o propileno glicol ou a glicerina puros ou com pequena quantidade de água.

Estes extratos têm seu principal uso nos fitocosméticos.

Os extratos glicólicos são os mais utilizados em sabonetes e produtos de perfumaria.

Nestes extratos, em geral, a relação erva/solvente corresponde a 1/5 do seu peso em erva seca. Isso significa que 200 g de erva seca permitem preparar 1.000 g de extrato glicólico.

Como exemplo, vamos preparar um extrato glicólico de erva-doce:

1. Coletar as sementes de erva-doce e desidratá-las a uma temperatura entre 25 e 40 ºC.

Extratos glicolicos2. Pesar 200 g das sementes desidratadas.

3. Esmagar (macerar) as sementes em um pilão (ou no liquidificador) até a mesma se transformar em pó.

4. Colocar o pó em um recipiente de vidro âmbar ou recoberto por papel alumínio e adicionar uma mistura com 900 mL de glicerina e 100 mL de álcool de cereais.

5. Deixar por 72 horas em repouso com o vidro fechado e ao abrigo de luz e de calor.

6. Depois colocar a mistura de líquido e pó em uma panela e deixar em banho-maria a uma temperatura de aproximadamente 40 ºC por 1 hora.

7. Após este tempo, passar a mistura em um filtro de café (filtro de pa-pel ou de algodão).

8. Guardar em frasco escuro fechado, protegido da luz e do calor.

Extratos glicolicos

Extratos glicolicos

Tal procedimento pode ser utilizado para todas as plantas para a extração do extrato glicólico.

Mas tenha o cuidado de extrair o extrato glicólico apenas de plantas conhecidas para evitar a extração de substâncias tóxicas e perigosas à saúde.

Quando se tratar de frutas ou legumes suculentos, primeiro trituramos no liquidificador e depois coamos para separar a parte sólida. Desta parte sólida fazemos o extrato.

No caso de frutas pastosas, como a banana e o abacate, podemos fazer a infusão diretamente com a fruta, somente passandoa no liquidificador.

Veremos, a seguir, uma lista de ervas e frutas e as principais aplicações dos seus extratos glicólicos.

Caso você deseje preparar seu próprio extrato glicólico use uma destas plantas. Mas antes, procure em bibliografias especializadas quais as partes da planta podem ser utilizadas, não inove, para evitar riscos.

Preste muita atenção, pois existem plantas que são conhecidas regionalmente pelo nome de outra.

Caso tenha dúvida em relação à planta que queira utilizar é melhor comprar os extratos já preparados em lojas especializadas.

 

fonte: projeto Gerart – Universidade Estadual do Oeste do Paraná
Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: IRRI Images, mommyknows { Kim Becker }, USDAgov, AndyRobertsPhotos, inspector_81