A técnica da douração cheia

Escrito por

 

A douração cheia é uma textura bastante fácil de ser aplicada e se obtêm resultados surpreendentes.

Pode ser feita em objetos de adorno, cadeiras, molduras de quadros, de porta-retratos, enfim, em grande variedade de peças.

Quando aplicada “envelhecida” em objetos de adorno, tais como: castiçais, pés de abajures, imagens sacras, etc… o efeito é recompensador.
Materiais como gesso, madeira, cartão, barro cozido,cerâmica, etc. são ótimos para se trabalhar.

Material necessário

  1. Peça a ser texturizada
  2. Purpurina em pó
  3. Goma Lacca (mistura de asa de barata com álcool)
  4. Recipiente para Goma Lacca
  5. Álcool para limpeza do pincel
  6. Pincel
  7. Recipiente para limpeza do pincel
  8. Papel toalha para limpeza do pincel

 

Deixe “à mão” e prontos os materiais que serão utilizados, como a técnica é á base de álcool precisa ser muito rápido, por causa da evaporação.

Ferramentas

Esta técnica utiliza como ferramenta, um pincel comum de cerdas de seda.

Preparo da mistura

Se você diluir a purpurina em maior quantidade, poderá obter bonitos efeitos, uma vez que, o excesso de goma-laca fará escorrer a purpurina, demarcando bordas douradas no final do desenho que o próprio líquido fará.
Neste caso, a peça poderá estar pintada de uma cor de fundo, por exemplo o verde escuro para contrastar com as bordas douradas.

 

 

O preparo necessário a ser feito para esta técnica é a mistura da goma-laca com a purpurina.

Tal mistura deverá ser feita no instante em que for ser aplicada, tendo em vista que é à base de álcool e evapora com facilidade, podendo ficar espessa e “embolar” na peça.

 

 

O importante é não deixar criar “caroços” ou restos que embolem no fundo ou no pincel.