Trabalhando num Espaço de Coworking

Escrito por

O coworking é a saída ideal para quem está começando um negócio e ainda não estabeleceu um endereço comercial próprio – sem contar com a possibilidade de ampliar o networking. Fique por dentro dessa nova maneira de trabalhar.

O Que É um Espaço de Coworking

Espaços de coworking consistem numa área compartilhada por diferentes profissionais em busca de lugar e recursos para desenvolverem suas tarefas. Eles já são bastante comuns no Brasil, especialmente nos grandes centros urbanos.

Essas áreas podem ser totalmente comuns, com mesas grandes e várias cadeiras, pufes e poltronas para acomodar os usuários. Muitas também possuem pequenas salas particulares com escrivaninha e um pouco mais de privacidade.

Alguns coworkings oferecem apenas internet. Outros vão além e incluem serviços de secretária, sala de reunião e impressão de documentos e motoboy

São os chamados “espaços locados”. Eles possibilitam, inclusive, que aquele seja um endereço fiscal ou mesmo funcionar como filial.

Geralmente é cobrada uma taxa de utilização mensal por pessoa.

Público do Coworking

computadorO coworking é ideal para quem está começando um negócio que independe de um espaço físico específico. Como é o caso de algumas startups.

Se a sua necessidade é apenas um escritório e por enquanto o negócio envolve apenas você mesmo ou mais poucas pessoas que trabalham de maneira independente, o coworking é pra você.

Profissionais liberais que não conseguem se organizar bem em home office, comprometendo suas performances, também são um público expressivo desse estilo de trabalhar.

Eles também podem preferir o esquema coworking simplesmente para socializar mais e engordar o networking. Afinal, o home office mantém o profissional muito longe do “burburinho”.

Algumas empresas inclusive enviam alguns de seus colaboradores para trabalhar em coworkings aonde operam outras empresas com sinergias afins. Isso ajuda a fomentar novos negócios. É o que chamam de “imersão”.

Jornalistas, arquitetos, designers, fotógrafos, consultores e profissionais de tecnologia são especialmente beneficiados pelo esquema de coworking.

Vantagens e Desvantagens do Coworking

É muito mais barato trabalhar num coworking do que alugar um espaço, mobiliá-lo e providenciar toda a estrutura necessária para a operação de um escritório convencional. Além disso, como já vimos, há o benefício de engordar o newtworking.

Mas o coworking traz mais vantagens. Dependendo dele, há programas de mentoria para startups e eventos direcionados às atividades-fins das empresas que se estabeleceram ali.

Datas sociais, incluindo happy-hours, podem fazer parte da rotina de alguns espaços de cowork, o que facilita o encontro entre diferentes profissionais.

Por outro lado, é muito importante ficar atento às empresas que já estão operando num determinado coworking. Esses espaços promovem a sociabilização dos profissionais, algo que pode ser incômodo e estrategicamente delicado quando há um concorrente por perto.

Se a sua atividade exige algum sigilo, como é o caso de psicólogos e advogados, o conceito de escritório aberto talvez não seja o melhor para você.

Além disso, os horários de funcionamento são bem determinados, não permitindo que você faça serão caso necessário.

Espaços de coworking também não oferecem áreas para estoque, o que veda a participação de negócios que lidam com produtos físicos.

Quando Sair do Esquema de Coworking

coworkingEm geral a empresa ou startup acaba migrando para uma sala comercial própria quando o negócio cresce e o espaço físico exclusivo passa a ser essencial. O que é um ótimo sinal, é claro.

Tanto é que existem casos de empresas que realizam,periodicamente, as já citadas “imersões” de suas áreas comerciais e de desenvolvimento nos coworking que as viram nascer.

No caso de profissionais liberais, algumas vezes eles trocam o coworking pelas dependências de um cliente durante a execução de um projeto que esteja liderando junto a ele. Mas sempre podem voltar.