Como Escolher o Provedor para o seu Site

Escrito por

 

Então você decidiu criar o website da sua empresa e mostrar para o mundo seu produto, entrar em contato com o consumidor, apresentar suas propostas para os clientes em potencial.

O mais difícil você já fez: empreender. Agora, precisa se conectar com o mundo.

Na matéria “Passos Fundamentais para Fazer o Site da sua Empresa” falamos sobre a importância de definir seus objetivos online e demos dicas sobre plataformas gratuitas para montar o seu site.

Mas existe um detalhe de fundamental importância para o sucesso das atividades do seu site: a escolha do provedor de internet e o tipo de servidor ideal para a natureza da operação da sua página.

Como Funciona o Provedor de Internet

O provedor de acesso à internet é justamente a empresa que fornece a conexão que você precisa dispor para que os internautas acessem seu site.

Sua peça-chave é o servidor – um equipamento onde ficam armazenados os dados do site.

O servidor é como uma biblioteca: se cada site fosse um livro, este livro precisaria ficar guardado em uma biblioteca. Eles nem sempre ficam no mesmo país da empresa ou do dono do site.

Basicamente existem dois tipos de servidores: o servidor compartilhado e o dedicado.

Servidores Compartilhados

Os servidores compartilhados mantêm os dados do site na nuvem.

Isso quer dizer que os dados ficam em um servidor físico, que é compartilhado com outros usuários. Vários sites podem ser hospedados no mesmo servidor.

internet serversEsses sites em geral contém páginas mais leves, que exigem um fluxo menor de dados: blogs, ambientes de estudo e disponibilização de textos, ou fóruns específicos, com poucos usuários e um número reduzido de acessos simultâneos.

Empresas que precisam de uma página que mostre uma lista ou fotos dos seus produtos, endereço, histórico, lista de funcionários, informações de contato e outras funções mais simples, podem utilizar este tipo de servidor.

Servidores compartilhados costumam ser mais fáceis de operar e são consideravelmente mais baratos quando em comparação com os dedicados: os custos são diluídos entre os diversos usuários, tanto custos de operação quanto de manutenção das máquinas.

Os servidores compartilhados, no entanto, possuem um número de funcionalidades menor e muitas das programações são restritas ao dono do serviço que oferece a hospedagem.

Como estes servidores hospedam mais de um website, e precisam comportar o acesso de múltiplos usuários, algumas vezes o acesso pode ficar lento para o usuário, e eventualmente até travar.

Além disso, em caso de erros, a reparação pode demorar um pouco, pois os programadores podem ter que se dedicar a mais de um projeto simultaneamente.

internetCada projeto de um site é contratado dentro de um pacote de dados e funcionalidades.

Isso quer dizer que, mesmo que os outros sites que dividem o servidor com o seu site não estejam recebendo acessos, o fluxo de dados dos seus usuários será controlado pelo pacote.

Isso porque cada site tem sua cota permitida, garantida em contrato. Se um dono de site acha que necessita de espaço maior, pode mudar de tipo de servidor ou pagar por um pacote maior de acessos.

As possibilidades de investir pouco e rentabilizar através de serviço de locação de espaços para baners de propagandas tornam a escolha de hospedagem nesses servidores uma forma atrativa de compartilhar informações e, muitas vezes incrementar a renda.

As soluções de segurança dos dados, no servidor compartilhado, são de responsabilidade da empresa que fornece o serviço de hospedagem, somente.

Neste caso, é bom que o contratante pesquise bastante, para verificar quais empresas são mais seguras, são melhores reconhecidas e recomendadas pelos clientes.

Servidores Dedicados

O servidor dedicado é aquele onde o site fica armazenado sozinho em uma única máquina. O espaço não é compartilhado com outros sites.

São indicados para sites que necessitam grande capacidade de armazenamento, velocidade de processamento e intenso fluxo de dados, como serviços de e-mail, redes sociais e sites de grandes companhias de comunicação e transações financeiras.

internet serverSe a sua empresa pretende oferecer serviços de vendas online ou de e-mail, em que precisará guardar dados privados dos seus clientes, este é o tipo de servidor mais indicado.

O servidor dedicado necessita de gastos em grandes máquinas, com alta capacidade de processamento e armazenamento de dados. Precisa de especialistas para a manutenção do espaço.

Estes servidores são mantidos em centrais grandes, com monitoramento de oscilação de energia, temperatura e acessos – tudo isso para manter a conexão constante.

Portanto, o serviço de armazenamento de dados em um servidor dedicado é mais caro.

Empresas grandes, que necessitam de sites armazenados nestes servidores, costumam ter um setor de TI com agentes capacitados para fazer a programação das páginas. Assim, podem ter erros corrigidos com maior velocidade e a segurança pode ser maior.

O servidor dedicado é o que oferece maior segurança, pois o site não compartilha memória com outros usuários, o que reduz o número de erros de programação e brechas para ataques.