Páscoa e o peixe, tradição de comer peixe ou frutos do mar

Escrito por

 
Páscoa e o peixe !

 A tradição de comer peixe ou frutos do mar, e o que estes  alimentos tem de bom...

Um pouco da história!

A Páscoa para os Cristãos é uma das festas mais importantes, pois comemora a morte e ressurreição de Cristo, sendo um período de 40 dias onde o fieis não comeriam carne.
Esse período também é conhecido como quaresma relacionada aos quarenta dias em que Cristo jejuou no deserto.

A título de curiosidade é inteessante saber que o carnaval é a festa de quatro dias antes da quaresma, onde os antingos se entregavam de corpo e alma a orgias principalmente alimentares.

O nome “carnaval” foi composto com a primeira sílaba das palavras a “carne nada vale”, que era para contrabalançar os 40 dias de jejum que viriam pela frente.

Quanto à Páscoa, nos dias de hoje apenas mantemos a tradição na quarta feira e na sexta feira Santa. E o jejum foi substituido pela restrição à carne vermelha.

A abstenção da carne vermelha representa um gesto simbólico. É um convite para uma atitude de reflexão e de purificação do corpo e da mente aos 40 dias que Jesus passou no deserto.

A escolha do peixe como alimento está ligada a duas passagens Bíblicas sendo a principal a da multiplicação dos peixes e dos pães, que era o alimento mais abundante da época.

Entendendo a divisão

Jack Of The Mangroves

Pescados e frutos do mar são a mesma coisa, subdividido da seguinte forma:

  • Peixes
  • Crustáceos (camarões, lagostas, siris e carangueijos)
  • Moluscos (polvo, lula, ostras e mexilhões)

Consumo de peixe

Os tempos foram passando, e muitos ainda guardam a quaresma. Talvez esse seja o período que, mais se consuma peixe

O consumo no Brasil ainda é pouco, comparado a outros países, mas por outro lado o peixe hoje é visto com outros olhos por uma boa parcela da população. Isto ocorre por conta dos benefícios que o peixe traz como nutriente.

Ele deveria fazer parte da mesa não só nessa época do ano, mas também ser adotado com mais frequencia ao longo do ano.

O ideal é que se consuma peixe 2 vezes por semana.

Beneficios do peixe

nutrientes do peixe

Lembrar que muitos peixes são ricos em omega 3.

 
O peixe é uma boa alternativa de proteína, visto que fornece baixas calorias e de quebra um teor menor de gorduras.

De sabor suave e com várias preparações na culinária, começa a ser o queridinho dos cientistas, isso por que o mesmo ajuda na prevenção das doenças cardiovasculares.

Ainda falando em gorduras não podemos esquecer que alguns peixes fornecem as famosas ômega 3 (Cavala, Arenque, Sardinha, Salmão, Atum, Bacalhau) que são gorduras altamente do bem.

Estas são compostas de dois componentes EPA (ácido eicosapentenóico) e DHA (ácido docosahexaenóico).

O EPA é um potente antinflamatório e o DHA atua em nível cerebral prevenindo um possível mal de Alzheimer como recentes estudos vêm apontando.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: tarotastic, Lucas Jans, malias, avlxyz, avlxyz