Como escolher o exercicio fisico correto!

Escrito por

 

 

Qualquer exercício que aumenta a circulação de sangue através do coração melhora o condicionamento físico.

Os exercícios mais seguros são a caminhada, a natação e a pedalagem em uma bicicleta ergométrica.

Durante uma caminhada, pelo menos um dos pés sempre encontra- se em contato com o solo de modo que a força com que o pé choca-se contra o solo nunca é maior do que o peso do indivíduo.

Durante a natação, a água sustenta o corpo e, por essa razão, os músculos raramente são submetidos a forças capazes de causar laceração.

As bicicletas são pedaladas com um movimento circular contínuo que não “sacode” os músculos.

A caminhada lenta não torna um indivíduo bem condicionado fisicamente.
Para caminhar mais rapidamente, o indivíduo pode realizar passos maiores além de mover os membros inferiores mais rapidamente.

Os passos podem ser aumentados através da oscilação dos quadris de um lado para outro, de modo que os pés avancem mais para frente.

A oscilação dos quadris tende a fazer com que os dedos apontem para fora quando os pés tocam o solo e, por isso, o alcance dos pés não é tão grande quanto seria se os dedos apontassem diretamente para a frente.
Portanto, a indivíduo que está andando sempre deve tentar apontar os dedos dos pés diretamente para frente.

O movimento mais rápidos dos membros superiores ajuda os pés a também se moverem mais rapidamente.
Para movimentar os membros superiores mais rapidamente, o indivíduo deve flexionar os cotovelos, para encuratr o balanço e reduzir o tempo que os membros superiores levam para balançar para trás e para frente.

A natação exercita todo o corpo – membros inferiores, membros superiores e e costas – sem forçar as articulações e os músculos.
Freqüentemente, a natação é recomendada para os indivíduos com problemas musculares e articulares.

Os nadadores, movimentando-se em seu próprio ritmo e utilizando qualquer estilo de natação, podem exercitar-se de forma gradual durante até 30 minutos de natação contínua.
Se a perda de peso for um dos principais objetivos do exercício, a natação não é a melhor escolha.

O exercício fora da água é mais eficaz, pois o ar isola o corpo, aumentando a temperatura e o metabolismo corpóreos por até 18 horas.

Esse processo queima mais calorias tanto após o exercício quanto durante a sua realização.
Por outro lado, a água conduz o calor para fora do corpo, de modo que a temperatura corpórea não aumenta e o metabolismo não permanece aumentado após a natação.

A pedalagem em uma bicicleta ergométrica é um bom exercício.
A tensão da roda da bicicleta deve ser regulada, de modo que seja possível se pedalar em um ritmo de 60 rotações por minuto.
À medida que ele progride, o ciclista pode aumentar a tensão e o ritmo até 90 rotações por minuto. Uma bicicleta ergométrica horizontal é uma escolha particularmente boa para os indivíduos idosos.

Muitos deles apresentam fraqueza da musculatura da coxa, pois o único exercício que eles praticam é a caminhada e a deambulação sobre uma superfície plana utiliza muito pouco esses músculos.

Conseqüentemente, muitos indivíduos idosos apresentam dificuldade para se levantar de uma cadeira sem usar as mãos, para levantar da posição agachada ou para subir escadas sem apoiar-se no corrimão. A pedalagem fortalece os músculos da coxa.
Entretanto, alguns indivíduos não conseguem se manter equilibrados mesmo sobre uma bicicleta ergométrica (fixa).

Outros não utilizam esse equipamento por causa do desconforto provocado pela pressão do selim estreito contra a pelve.
Por outro lado, uma bicicleta ergométrica horizontal é segura e confortável.
Esse aparelho possui um assento contornado, de modo que mesmo um indivíduo que tenha sofrido um acidente vascular cerebral pode sentar-se.

Também no caso em que o indivíduo apresenta paralisia de um dos membros inferiores, suportes para os dedos mantêm os dois pés no lugar, de modo que o indivíduo consegue pedalar com a outra perna.

Fotos utilizadas sob licença Creative Commons: through my eyes only, AlexiUeltzen